A destruição da escultura de Al-Maʿarri

Fathi Muhammad com a escultura de Abul ʿAla Al-Maʿarri (Foto: Reprodução)

Em 1944, o artista plástico Fathi Muhammad criou a escultura de Abul ʿAla Al-Maʿarri, poeta e filósofo sírio que viveu no século XI e tinha uma filosofia de vida que hoje seria qualificada como veganismo, já que ele não consumia nem usava nada de origem animal. A obra erigida em 1940 foi destruída em 2013 por fundamentalistas “islâmicos” da Al-Nusra, um dos braços da Al-Qaeda.

Al-Maʿarri, um crítico do islamismo, até hoje é considerado um dos maiores poetas da cultura árabe. No entanto, seus poemas, que ao longo de centenas de anos foram estudados nas escolas, hoje são proibidos em cidades dominadas pelo Estado Islâmico e por outros grupos extremistas.

 





DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here