Vegano é rejeitado pela Marinha na Nova Zelândia

“Achei estranho não olharem minha personalidade ou minhas habilidades. Eles apenas deram atenção ao que eu como"

“Você não acha que em 2019 a Força de Defesa da Nova Zelândia deveria se voltar para o futuro?” (Foto: NZ Navy)

Este mês um homem foi rejeitado pela Marinha da Nova Zelândia após declarar que é vegano. Jack Burns, que tinha a intenção de atuar como paramédico, disse que ficou desapontado com a decisão, segundo informações do Newshub.

“Achei estranho não olharem minha personalidade ou minhas habilidades. Eles apenas deram atenção ao que eu como”, disse Burns, acrescentando que sua dieta baseada em vegetais o deixou em excelente forma física.

E acrescentou: “Tenho mais energia, estou em forma e forte. Já foi provado pela literatura acadêmica e por meio de atletas veganos que alguém pode tanto ser saudável quanto prosperar em uma dieta vegana.”

Um porta-voz da Marinha disse a Newshub que veganos não podem ser aceitos porque as Forças Armadas da Nova Zelândia não podem garantir comida adequada em treinamento e situações adversas.

“É necessário que os membros da NZDF sejam capazes de se adaptarem a ambientes hostis sem fácil acesso ao atendimento de necessidades dietéticas específicas”, argumentou.

“Aqueles que têm escolhas alimentares específicas devem estar dispostos a consumir opções alternativas (ou seja, produtos de origem animal) se sua dieta não puder ser suprida. No entanto, fornecemos tantas opções quanto possível para vegetarianos em bases e acampamentos, e em alguns pacotes de ração militar em campo.”

A justificativa foi criticada por Burns: “A Força de Defesa está na vanguarda da liderança e da inovação, e eles precisam se educar em relação aos estereótipos sobre a alimentação baseada em vegetais. Quando penso em quanto dinheiro a Força de Defesa tem, não é pedir muito. Não é mais caro preparar uma refeição baseada em vegetais. Você não acha que em 2019 a Força de Defesa da Nova Zelândia deveria se voltar para o futuro?”

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here