Pesquisar
Close this search box.

Vegano vence corrida em montanha mais alta da Tailândia

Foto: Action Asia

Em dezembro, o australiano Vlad Ixel, que vive em Hong Kong, venceu a Doi Inthanon, corrida realizada na montanha mais alta da Tailândia, em Chiang Mai. Ixel, que é vegano, completou o percurso de 20 quilômetros em 1h54m07s. Essa foi sua oitava vitória em 2022.

“Uma dieta vegana tem pouco impacto no planeta em comparação com uma dieta convencional”, diz. Segundo Vlad, abdicar definitivamente do consumo de alimentos de origem animal no Natal de 2012, ou seja, há dez anos, permitiu que ele tivesse mais energia, se recuperasse mais rápido e, com isso, se tornasse um atleta melhor.

Uma das inspirações de Vlad Ixel é o ultramaratonista Scott Jurek, que aparece em vários documentários que visam motivar a adoção de uma dieta à base de vegetais, incluindo “The Game Changers”, que chegou ao Brasil com o título “Dieta de Gladiadores”.

‘Definitivamente, ele influenciou minha decisão de me tornar vegano.” De acordo com Ixel, sua vida é cheia de alegrias e objetivos conquistados graças a uma alimentação vegana saudável.

“Às vezes, me pergunto como é que nem todo mundo é vegano. Como que eu não soube antes como é bom ser vegano? Eu gostaria que todos experimentassem por alguns dias/semanas e vissem a diferença por si mesmos.”

Em 2019, publicamos que Vlad Ixel ficou em primeiro lugar na competição mundial de endurance North Face, realizada na Tailândia.  Ele disputou o trajeto de 50 quilômetros e o completou 16 minutos à frente do segundo colocado.

Ixel concluiu a prova em 4h33m7s, liderando em cada um dos checkpoints. Apenas nove dos 433 finalistas conseguiram terminar o percurso em menos de cinco horas.

Jornalista (MTB: 10612/PR) e mestre em Estudos Culturais (UFMS).

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *