Literatura

Tolstói imaginava os animais livres do transporte de cargas

Em 1887, Stepan Behrs registrou em uma carta que Tolstói, seu cunhado, ficou eufórico quando soube que máquinas estavam sendo…

3 anos ago

Coetzee: “Os matadouros estão sempre à nossa volta”

Hoje de manhã levaram-me para dar uma volta de carro por Waltham. Parece uma cidade agradável. Não vi nenhum horror,…

3 anos ago

Tolkien: “Dessa época em diante, não mais comeu carne nem matou nenhuma criatura”

“Senhor – diziam – se tens poder sobre esses recém-chegados, faça com que voltem por onde vieram, ou que continuem…

3 anos ago

Maxim Gorky e o vegetarianismo russo

Pioneiro da chamada literatura proletária, o escritor russo Maxim Gorky (1868-1936) era vegetariano e tinha predileção por vegetais em salmoura…

3 anos ago

Kafka: “O açougueiro pensou que podia ao menos se poupar do esforço do abate”

"O açougueiro pensou que podia ao menos se poupar do esforço do abate, e uma manhã trouxe um boi vivo.…

3 anos ago

Oito contos famosos para repensar a relação humano-animal

"Jim Smiley and His Jumping Frog" ou "Jim Smiley e Seu Sapo Saltador", de Mark Twain, escrito em 1865, é…

3 anos ago

“Como é matar boi o dia inteiro? O senhor não acha que isso é assassinato?”

[No matadouro] Como é matar boi o dia inteiro? O senhor não acha que isso é assassinato? O senhor não…

3 anos ago

Quatro romances com críticas à exploração animal

Frankenstein, de Mary Shelley, publicado em 1818 A escritora britânica Mary Wollstonecraft Shelley, famosa pela criação do monstro de Frankenstein,…

3 anos ago

Carnificina não deveria ser associada ao prazer do apetite

Séneca, o intelectual romano a quem o escritor português Jaime de Magalhães Lima admirava, dizia, inspirado em Focion, que o…

3 anos ago

Tolstói e o primeiro passo para o vegetarianismo

No ensaio “Первая ступень” ou “O Primeiro Passo“, publicado em 1892, o escritor russo Liev Tolstói, autor de grandes clássicos…

3 anos ago