Do nascimento ao abate, vídeo conta história de uma vaca leiteira

Ontem (8), a organização Animal Outlook lançou em seu canal no YouTube um vídeo de pouco mais de cinco minutos que conta a história da vaca Winnie, criada para produção de leite.

“Neste vídeo, que é o primeiro que lançamos como parte de uma série que destaca diferentes aspectos da pecuária, os espectadores conhecem Winnie e a verdade sobre a curta e dolorosa vida de milhões de vacas na indústria de laticínios”, informa a entidade.

O vídeo é narrado pela atriz e cantora Daniella Monet e apresenta filmagens feitas em vários estados dos EUA. No entanto, a entidade deixa claro que a realidade das vacas leiteiras é a mesma em muitos países.

Em “The Life of Winnie”, que tem caráter documental, o espectador testemunha as condições em que as vacas vivem no sistema industrial, que responde pela maior parte da produção leiteira global.

O vídeo mostra animais em condições de superlotação, em ambientes sujos e cheios de moscas, assim como bezerros separados de suas mães logo após o nascimento e alimentados à força com leite artificial por meio de um tubo.

Sofrimento na produção leiteira

Chutes, empurrões, arremessos e outros maus-tratos também são expostos em “Life of Winnie”, assim como a indiferença em relação às necessidades dos bezerros considerados descartáveis na pecuária leiteira.

Há cenas de bezerras sendo descornadas com ferro quente sem qualquer tipo de anestesia e de vacas sofrendo no processo de inseminação. Além disso, são vítimas de golpes, chutes e socos, e quando estão cansadas demais para levantar são arrastadas e içadas por uma pinça de metal.

“A indústria de laticínios quer que você acredite que o leite vem de vacas felizes, mas nossas imagens mostram uma realidade comovente”, disse Cheryl Leahy, diretora executiva da Animal Outlook.

“Por trás de cada gole de leite ou colher de sorvete à base de leite há abuso e exploração inaceitáveis. Infelizmente, nossas investigações mostram que as práticas comuns da indústria são tão severamente abusivas que resultariam em crueldade criminosa se infligidas aos cães e gatos com quem convivemos. Esperamos que nosso novo vídeo ajude o consumidor a entender a verdade sobre a indústria de laticínios.”

Saiba Mais

Vacas podem por viver até 20 anos, mas na pecuária leiteira normalmente não passam dos cinco anos. Além disso, assim como o gado de corte, também são abatidas e vendidas como carne, mas de menor valor por ser considerada de baixa qualidade.

Gosta do trabalho da Vegazeta? Colabore realizando uma doação de qualquer valor clicando no botão abaixo: 

David Arioch

Jornalista e especialista em jornalismo cultural, histórico e literário (MTB: 10612/PR)

Posts Recentes

Debicagem, violência financiada pelo consumo de ovos

Nasce com bico, mas não pode tê-lo, não integralmente, sem mutilação, sem destruição parcial. É…

14 horas ago

E se conhecêssemos a história dos animais que comemos?

Uma pessoa pode olhar para um animal e não vê-lo como alimento, o que também…

2 dias ago

Galinhas não costumam ser vistas como fêmeas

Galinhas não costumam ser vistas como fêmeas, mas como “criaturas que botam ovos”. Se perguntamos…

3 dias ago

O que é a carne?

O que é a carne? Sempre que falamos em carne é mais comum uma primeira…

4 dias ago

Como a violação sexual de animais pode ser normalizada?

Como a violação sexual de animais pode ser institucionalizada e normalizada? Quando fala-se em “reprodução…

5 dias ago

Por que comemos criaturas de vontades?

Não é difícil olhar para um animal e reconhecê-lo como criatura de vontades, porque seu…

6 dias ago