Música

Há 33 anos, Youth of Today lançava música criticando consumo de carne

Ray Cappo: “Temos um coração para nos dizer o que é certo” (Imagens: Aitor Garmendia/Tras Los Muros/Youth of today)

Há 33 anos, a banda estadunidense de hardcore Youth of Today lançou o álbum “We’re Not in This Alone”. Um dos destaques do disco e que logo seria utilizada em campanhas em defesa dos direitos animais é a faixa “No More”.

Na letra, a banda faz um convite para refletirmos sobre o hábito de comer carne e defende que não podemos continuar “tão insensíveis a esse crime que cometemos”. Afinal, se não matamos animais para comer, sem dúvida, pagamos para que outros o façam, assim os estimulando a não pararem.

“No More”, de 1988, tem uma mensagem bem simples e provocativa. Na música, o vocalista Ray Cappo, apontado como o responsável por unir a subcultura straight edge com o vegetarianismo no cenário punk dos EUA dos anos 1980, classifica a sociedade como egoísta, mas defende que temos o poder de mudar.

“Temos um coração para nos dizer o que é certo”, canta e sugere que devemos nos educar se buscamos uma sociedade mais consciente. Ao declarar em “No More” que não participará da violência contra os animais na indústria da carne, o Youth of Today nos convida a fazer o mesmo. Afinal, o custo desse consumo é sempre a vida de alguém.

A banda pede para olharmos para nós mesmos e nossos hábitos. “Comer carne, comer carne. Pense nisso”, repete Ray Cappo várias vezes.

Clipe em parceria com a PETA

Com pouco mais de três minutos de duração, “No More” ganhou um clipe que inclui imagens de matadouros cedidas pela organização Pessoas Pelo Tratamento Ético dos Animais (PETA). No entanto, o vídeo teve circulação restrita na época.

O Youth of Today foi fundado em 1985 por Ray Cappo e pelo guitarrista John Porcelly (Porcell), que são os únicos membros a participarem das gravações de todos os lançamentos da banda. Em 1987, o baixista Walter Schreifels e o baterista Sammy Siegler juntaram-se a eles.

Cappo, que continua defendendo a importância de não nos alimentarmos de animais, é um dos fundadores do krishnacore, que combina a musicalidade do hardcore punk com elementos do movimento hare krishna. Ele também é conhecido como vocalista das bandas Shelter e Better Than a Thousand.

Vegetariano, o vocalista da banda de metal Shadows Fall, Brian Fair, já declarou que foi influenciado por Ray Cappo.

Por que o título “No More”?

“No More” é uma referência a “sem mais violência contra os animais em nossos hábitos de consumo”. É um convite para adotarmos uma alimentação compassiva, sem exploração e crueldade contra outras espécies sencientes.

David Arioch

Jornalista e especialista em jornalismo cultural, histórico e literário (MTB: 10612/PR)

Posts Recentes

A dor de ser bacon

Quando chegou em casa para o almoço, encontrou um porco na cozinha. Corpulento, ia de…

2 horas ago

Queda na criação de aves estimula grupo avícola a investir em proteínas vegetais

A Louis Dreyfus Company (LDC), maior grupo avícola da França, anunciou este mês que estima…

22 horas ago

Aveda é reconhecida como marca livre de crueldade animal pela CFI

De acordo com informações da organização Cruelty Free International (CFI), a fabricante de cosméticos Aveda…

23 horas ago

PL que cria regime jurídico especial para os animais aguarda votação

O PL 6045/2019, dos deputados federais Ricardo Izar (Republicanos-SP) e Weliton Prado (Pros-MG), que propõe…

23 horas ago

Por que nunca mais comeu frango

Colocou um frango resfriado na cesta e sentiu líquido viscoso. Fez cara de nojo. Trocou…

1 dia ago

Serena Williams e Jake Gyllenhaal trocam ovo de galinha por ovo vegetal

A tenista Serena Williams e o ator Jake Gyllenhaal estão incentivando o consumo do ovo…

2 dias ago