Notícias

Marca de sorvetes veganos apadrinha vítimas da pecuária nos EUA

Fotos: Charlie’s Acres)

A marca de sorvetes veganos Eclipse Foods, dos EUA, decidiu ir além de motivar os consumidores a comprarem seus produtos sem ingredientes de origem animal. A foodtech apadrinhou animais resgatados da pecuária e que hoje vivem no santuário Charlie’s Acres, em Sonoma, na Califórnia.

Entre os animais que agora têm as despesas custeadas pela Eclipse está a vaca Honey. Ela foi resgatada da pecuária leiteira por ser considerada “velha demais” e “pouco produtiva”. Neste caso, o destino mais comum é o matadouro. Hoje, ela e seu filho Benjamin vivem com outros animais que também seriam abatidos e vendidos em açougues.

Felizmente, não se tornaram vítimas da indústria da carne, ao contrário de tantos animais mortos a cada segundo nos EUA, no Brasil e em muitos outros países.

De acordo com a Eclipse Foods, é gratificante contribuir para proporcionar uma vida pacífica para animais que teriam um destino tão triste. A empresa destaca que por esse motivo seus produtos são livres de leite e de qualquer outro ingrediente de origem animal.

Investimento em sorvetes veganos cresce nos EUA

Os sorvetes da marca têm atraído tanto consumidores quanto investidores. Em janeiro deste ano, a Eclipse anunciou que arrecadou o equivalente a mais de R$ 63 milhões em investimentos. O diferencial da foodtech sediada em Oakland (CA) é que seus sorvetes veganos imitam o sabor a textura das versões de origem animal.

Especialista em proteínas alternativas, o CEO Aylon Steinhart fundou a Eclipse com o chef e cientista de alimentos Thomas Bowman, e juntos já lançaram no varejo sorvetes veganos nos sabores chocolate, baunilha e cookie butter, além de 12 edições especiais direcionadas ao mercado de food service. Ou seja, sorveterias, restaurantes, etc.

“Criamos o primeiro sorvete à base de vegetais indistinguível do sorvete à base de leite, e são livres de todos os alérgenos comuns – soja, nozes, trigo ou lactose. É incrivelmente cremoso”, destaca a foodtech em seu site.

David Arioch

Jornalista e especialista em jornalismo cultural, histórico e literário (MTB: 10612/PR)

Posts Recentes

Preocupação com o meio ambiente não deve ser apenas sobre nós

É importante a conscientização sobre as mudanças climáticas e impactos ambientais associados ou não à…

45 minutos ago

Sue Coe: “Animais criados para consumo são estuprados toda vez que são inseminados”

Em um vídeo com duração de cinco minutos disponibilizado pela revista ArtForum com a artista…

20 horas ago

Santuário Filhos da Luz precisa de ajuda para não fechar as portas

O Santuário Filhos da Luz, de Tramandaí (RS), que abriga mais de 300 animais, entre…

22 horas ago

Museu Mineiro recebe festival vegano no dia 21

No domingo (21), das 11h às 18h, o festival vegano Paraíso Veg será no Museu…

23 horas ago

Consumir proteína animal é financiar um sistema perverso

No Brasil, a ordem de consumo de animais é a seguinte: frangos, suínos e bovinos,…

1 dia ago

Toda hora tem boi a caminho da morte

Um percurso de criaturas pacíficas num momento pacífico? E vão lado a lado, como se…

2 dias ago