Categorias: Notícias

Natalie Portman cita benefício em ser vegana

Foto: Getty

Em entrevista à Harper’s Bazaar publicada em setembro, Natalie Portman falou, entre outros assuntos, sobre a mudança em sua pele após deixar de se alimentar de animais. “Depois que me tornei vegana, minha pele ficou ótima”, declarou a atriz que em 2019 discursou no We Day California, em Los Angeles, contra a exploração de vacas e galinhas, que definiu como uma violação de corpos de fêmeas não humanas.

Questionada sobre suas predileções alimentares, ela disse a Jessica Matlin da HB que gosta de tacos de feijão, guacamole, massa filo e cappuccino de leite de aveia.

Em 2020, com a pandemia de covid-19, Natalie Portman começou a compartilhar com mais frequência receitas veganas por meio das redes sociais, visando motivar seus milhões de seguidores a experimentá-las. Seu prazer em cozinhar fez com que o apresentador Jimmy Fallon, do Tonight Show, da NBC, a convidasse para falar sobre seus pratos.

Ele perguntou se tudo era realmente vegano. Natalie confirmou e ressaltou que é vegana e que sua iniciativa é uma forma de mostrar como é possível preparar pratos fáceis, saudáveis, deliciosos e diversificados sem ingredientes de origem animal.

Contra a exploração de vacas e galinhas

Em 2019, no We Day California, em Los Angeles, Natalie Portman fez um discurso pró-vegano para 16 mil estudantes.

“Laticínios e ovos não vêm apenas de vacas e galinhas, vêm de fêmeas. Estamos explorando corpos femininos e abusando da magia das fêmeas para obter ovos e leite”, declarou a atriz, deixando claro que acredita que é importante que mulheres que são feministas considerem que na exploração animal também há subjugação de fêmeas.

“As mães são separadas de seus filhos por causa do leite. Os animais adoecem e são mantidos em condições de superlotação para produzirem laticínios e ovos. Não é preciso muito para traçar uma linha entre a maneira como tratamos os animais e os humanos”, enfatizou.

Gosta do trabalho da Vegazeta? Colabore realizando uma doação de qualquer valor clicando no botão abaixo: 

David Arioch

Jornalista e especialista em jornalismo cultural, histórico e literário (MTB: 10612/PR)

Posts Recentes

O garoto que acompanhou frangos enviados para o abate

Tião transportava aves para abatedouros menores - frangos abaixo do peso médio e galinhas descartadas…

7 horas ago

Pesquisa estima crescimento de mais de 100% do mercado de alimentos veganos

De acordo com uma pesquisa da Allied Market Research, o mercado de alimentos veganos crescerá…

8 horas ago

Grupos da USP e Universidade de Lisboa realizam colóquio sobre perspectivas indígenas e descolonização dos animais

Na sexta-feira (3), das 10h às 12h30, os grupos Praxis, da Universidade de Lisboa, e…

9 horas ago

PL que torna obrigatória oferta de carne suína na merenda será avaliado na CCJ

Está na Comissão de Constituição e Justiça e de Cidadania (CCJ) da Câmara o PL…

11 horas ago

Crueldade em Brotas (SP) também é sobre consumo de leite e queijo

Sobre a crueldade envolvendo as mais de mil búfalas na Fazenda da Água Sumida em…

12 horas ago

Quem pensa no porco quando come sua carne?

Enquanto Bia comia lombinho de porco e enroladinho de bacon, ele olhava para Nestor e…

2 dias ago