Categorias: Notícias

ONG animalista comemora nove anos e abre processo seletivo

Foto: Farm Sanctuary

Ontem (4), a Frente de Ações pela Libertação Animal (FALA) completou nove anos de ativismo e, pela primeira vez, abriu um processo seletivo para funções remuneradas.

“Atuamos com bastante diálogo para conscientizar a sociedade a partir de reflexões que levam as pessoas à raiz dos problemas, se posicionando contra qualquer forma de discriminação, exploração e opressão em nossa sociedade”, informa a ONG animalista fundada em Brasília que conta com voluntários em todas as regiões do Brasil.

A FALA relata que em nove anos de atividades se estruturou em 13 grupos de trabalho, divididos por área temática – realizando palestras, manifestações de rua, sopão vegano solidário, resgate de animais, articulação política, ações judiciais, articulação internacional, organização de eventos veganos, debates, rodas de conversa, grupos de estudo, gravação de audiolivros e implantação de produtos veganos em estabelecimentos comerciais.

Em 2012, a organização surgiu a partir de um grupo de ativistas veganos que já visavam contribuir com a disseminação dos direitos animais e do veganismo. “O que significa o máximo respeito pelos animais que, assim como nós, também têm interesses similares em permanecerem vivos, em liberdade e com integridade física, moral e psicológica”, frisa a FALA.

Como parte das celebrações

Como parte das celebrações dos nove anos, a organização está se estruturando para começar a remunerar ativistas na criação de conteúdo para site e redes sociais; articulação de grupos de voluntariado; assessoria parlamentar e escritório de inovação e projetos.

Também serão remuneradas atividades como design gráfico; contabilidade; roteiros de vídeos, áudios e podcasts; diagramação de textos; redação, roteiro, filmagens e edição de vídeos; produção de vídeos e podcasts; e produção textual de publicações (livros, revistas, zines e jornais), etc.

Para participar do processo seletivo da FALA, seja para atuar voluntariamente ou de forma remunerada, basta acessar o link a seguir e preencher o formulário de acolhimento da organização: abre.ai/vemprafala

Se a intenção é atuar de forma remunerada, é essencial selecionar a opção correspondente no formulário. “Enquanto vivermos, trabalharemos para que os animais não humanos também possam conhecer a liberdade”, ressalta a entidade.

Acompanhe a FALA nas redes sociais:

facebook.com/FALA

Instagram.com/FALA_LibertacaoAnimal

twitter.com/FALA_Veganismo

youtube.com/c/FALAFrentedeAcoespelaLibertacaoAnimal

linkedin.com/compaiy/Frente-de-Ações-pela-Libertaçao-Animal-FALA

Gosta do trabalho da Vegazeta? Colabore realizando uma doação de qualquer valor clicando no botão abaixo: 

David Arioch

Jornalista e especialista em jornalismo cultural, histórico e literário (MTB: 10612/PR)

Posts Recentes

Ministro alemão faz declaração contra o consumo de carne

Durante participação na conferência ZEIT für Forschung, realizada pela revista ZEIT e que terminou ontem…

2 horas ago

Temperatura média global pode exceder 1,5°C até 2026

Um novo estudo climático da Organização Meteorológica Mundial (OMM) aponta que existe 50% de chance de a…

3 horas ago

Segundo estudo, pugs são menos saudáveis que outros cães

Um estudo publicado esta semana pelo Royal Veterinary College, do Reino Unido, em um periódico…

4 horas ago

Há muito nos olhos de um animal pendurado para morrer

Lembro quando disseste que há muito nos olhos de um animal pendurado para morrer -…

5 horas ago

Plant-based: Urban Farmcy lança linha de pratos low carb

Inspirada na dieta low carb, de redução do consumo de carboidratos e aumento da ingestão…

1 dia ago

Conheça os deputados do PP que querem prejudicar os animais

O Progressistas, mais conhecido pela sigla PP, do qual já não faz parte o deputado…

1 dia ago