Notícias

Pesquisa da ONU revela como a população vê importância de uma dieta à base de vegetais

(Fotos: Acervo Skinny MS/Earthsight)

Divulgada pela Organização das Nações Unidas como a maior pesquisa de opinião pública sobre as mudanças climáticas, o People’s Climate Vote, realizado pela ONU em parceria com a Universidade de Oxford e que teve o resultado divulgado esta semana pelo Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento, contou com a participação de 1,22 milhão de pessoas de 50 países.

Entre as questões abordadas pela pesquisa está o reconhecimento da importância de uma alimentação à base de vegetais para combater as mudanças climáticas. Segundo o Pnud, 33% dos participantes disseram ser importante uma transição para uma dieta livre de alimentos de origem animal, considerando o impacto da agropecuária nas emissões de gases de efeito estufa.

Dos 50 países participantes, o reconhecimento além da média foi identificado no Reino Unido e na Alemanha, com 44% e 43% dos entrevistados defendendo uma dieta à base de vegetais como a melhor para quem quer contribuir com a saúde do planeta.

64% dos participantes veem a crise do clima com preocupação

Além disso, segundo o Pnud, 64% dos participantes veem as mudanças climáticas como um assunto que exige ações urgentes. Vale lembrar que em 2020 o Programa das Nações Unidas para o Meio Ambiente destacou que uma dieta à base de vegetais requer menos uso de terra e água e também produz menos gases de efeito estufa.

Segundo o Pnuma, em resposta à crescente demanda por carnes e laticínios, cerca de 60% das terras agrícolas do mundo são usadas pela pecuária. Também aponta que evidências sugerem que o principal problema global não é a falta de alimentos, mas a ineficiência do sistema alimentar.

A agropecuária se sobressai também com a produção intensiva – outro agravante de problemas ambientais e de saúde, conforme o Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento. “Criou um círculo vicioso, que afeta imediatamente e a longo prazo a segurança alimentar.”

David Arioch

Jornalista e especialista em jornalismo cultural, histórico e literário (MTB: 10612/PR)

Posts Recentes

Como a violação sexual de animais pode ser normalizada?

Como a violação sexual de animais pode ser institucionalizada e normalizada? Quando fala-se em “reprodução…

11 horas ago

Por que comemos criaturas de vontades?

Não é difícil olhar para um animal e reconhecê-lo como criatura de vontades, porque seu…

1 dia ago

Quem se importa com o sofrimento dos frangos?

No Brasil, há sempre mais frangos sendo transportados para os matadouros do que bovinos e…

2 dias ago

Brasília: Picnik Festival terá área vegana coordenada mais uma vez pela FALA

Em uma edição especial no mês das tradicionais festas juninas, o Picnik Festival terá novamente…

2 dias ago

SP: VegNice realiza mais uma Festa Junina Vegana

No domingo (26), o bairro da Liberdade, em São Paulo (SP), recebe mais uma Festa…

2 dias ago

Há uma forma certa de matar quem não quer morrer?

Imagine que matemos animais para consumo sem impor-lhes qualquer dor, que há um meio de…

3 dias ago