Notícias

Ultramaratonista vegano pode bater recorde da Trilha dos Apalaches pela segunda vez

Aos 47 anos, o atleta que tornou-se vegano em 1997 quer ir além (Foto: Scott Jurek Website)

O ultramaratonista vegano Scott Jurek, que participou do documentário “The Game Changers”, de 2019, que apresenta os benefícios de uma dieta à base de vegetais na vida de diversos atletas, pode bater o recorde da Trilha dos Apalaches pela segunda vez.

O percurso de 3.508 quilômetros, entre os estados da Georgia e do Maine, foi completado por Jurek em 46 dias, oito horas e oito minutos em 2015, superando com três horas de diferença o recorde anterior. Agora, aos 47 anos, o atleta que tornou-se vegano em 1997 quer ir além.

Desta vez, Scott Jurek, que pretende concluir o trajeto no início de setembro, optou por começar o desafio ao sul da trilha, permitindo que ele enfrente primeiro a parte mais difícil do percurso.

O ultramaratonista avalia que isso pode garantir uma vantagem que o deixe mais próximo de um novo recorde, além dele ter acumulado mais experiência desde a conquista de 2015.

Dificuldades e alimentação

Para ter uma ideia da dificuldade, a mudança de altitude na Trilha dos Apalaches já foi citada como equivalente a escalar o Monte Everest 16 vezes. Além disso, de um total de três milhões de pessoas que se aventuram por ano na trilha, somente mil completam o percurso.

Segundo o Great Vegan Athletes, Jurek disse que está consumindo “toneladas” de óleo de coco, azeite, azeitonas, abacates e outras fontes de gordura que têm nove calorias para cada grama.

“Estou contando com o ovo vegetal da Just em alguns sanduíches. Também tenho sorvete vegano e smoothies verdes com espinafre, couve e coisas assim.”

Gosta do trabalho da Vegazeta? Colabore realizando uma doação de qualquer valor clicando no botão abaixo: 

David Arioch

Jornalista e especialista em jornalismo cultural, histórico e literário (MTB: 10612/PR)

Posts Recentes

Quanto vale a vida de um animal?

Viu um bezerro caído na estrada. “Foi atropelado?” Parou o carro e desceu. O animal…

2 semanas ago

Uma lâmina serve quanta violência no matadouro?

Ver um animal vivo e pouco depois observá-lo morto causou-lhe mal-estar. Estava ali para testemunhar…

3 semanas ago

Como os porcos vivem pouco

Não faz aniversário. Não passa de meio ano de vida. O que pode ser comemorado…

3 semanas ago

SP: Santuário Filhos de Shanti precisa de doações com urgência

Com sede em Pindamonhangaba (SP), o Santuário de Animais Filhos de Shanti está pedindo ajuda para arrecadar…

3 semanas ago

Mercado de alimentos veganos crescerá 42% até 2025

Um relatório da Business Research Company estima que o mercado de alimentos veganos crescerá 42%…

3 semanas ago

Novilha é enviada para santuário após escapar de matadouro em NY

Uma novilha que escapou este mês de um matadouro da cidade de Nova York foi…

3 semanas ago