70% dos holandeses são favoráveis à redução do consumo de carne

Holandeses dizem que apoiam adoção de medidas por parte do governo para favorecer a redução do consumo de carne

(Foto: Robin Utrecht/AFP/Getty)

Uma pesquisa realizada pela Kieskompas e divulgada esta semana pela ProVeg International aponta que 70% dos holandeses são favoráveis à redução do consumo de carne, inclusive de adoção de medidas por parte do governo para favorecer essa redução.

Dos entrevistados, 80% declararam que acreditam que o risco de uma pandemia associada à agropecuária é um bom argumento para reduzir o consumo de alimentos de origem animal.

Hoje o governo holandês ainda promove uma alimentação com 50% de proteínas de origem animal e 50% de proteínas de origem vegetal, e tudo indica que isso prevalecerá até 2025 com base nas últimas diretrizes dietéticas.

Esses percentuais vão contra a opinião pública, segundo a ProVeg, destacando que na pesquisa a maioria dos holandeses é favorável a um consumo superior de proteínas de origem vegetal.

Além disso, 63% dos entrevistados pela Kieskompas disseram concordar com uma campanha da ProVeg que defende que o mundo precisa reduzir em pelo menos 50% a redução do consumo de alimentos de origem animal até 2040.

Alternativas aos alimentos de origem animal

De acordo com um relatório da empresa de pesquisa de mercado IRI, desde 2019 as alternativas aos alimentos de origem animal estão se tornando cada vez mais populares na Holanda.

Enquanto a venda de carne sofreu queda de 9% em um período de dois anos, as opções à base de vegetais cresceram 51% em vendas.

Vale lembrar também que Organização Holandesa para Pesquisa Científica (NWO) aprovou em 2020 um financiamento equivalente a quase R$ 9 milhões para o desenvolvimento de uma alternativa ao leite convencional a partir de novas tecnologias de fermentação.

Ou seja, o objetivo é ajudar a produzir leite com gosto, propriedades e estrutura do leite de vaca, mas utilizando fungos, não animais.

Saiba Mais

As pesquisas da Kieskompas contam com entrevistas com 5,6 a 8 mil participantes com mais de 18 anos.

1 COMENTÁRIO

  1. Seremos cem por cento no mundo, erradicando totalmente a carne animal do cardápio, quando o sentimento substituir a gula; a compaixão for prioridade e a empatia pelo ser que sofre nos elevar à plena condição do racional superior que estamos longe de ser. Por enquanto apenas ensaiamos não ser tão maus, pelo menos, enquanto aprendemos, timidamente a ser de verdade, tão BONS quanto já deveríamos ser.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here