África do Sul é destaque mundial em pedidos de entrega de comida vegana

Shane Austin: "O que vimos é que os sul-africanos estão lentamente dando um salto do vegetarianismo para o veganismo"

(Foto: Uber Eats South Africa)

De acordo com estatísticas do Uber Eats, a África do Sul é o quinto país onde há mais pedidos de entrega de comida vegana, o que a coloca em posição de destaque mundial, assim como Inglaterra, Polônia, França e Portugal.

O que também motivou tantos pedidos de comida vegana no país foi o período de pandemia – que favoreceu tanto um maior consumo de alimentos em casa quanto uma maior preocupação em reduzir ou abdicar do consumo de alimentos de origem animal.

Além disso, o Uber Eats associou o aumento de 71% da demanda por alimentos saudáveis no aplicativo com o número de pedidos de refeições à base de vegetais – já que os clientes estão se mostrando mais preocupados com a saúde quando buscam opções livres de ingredientes de origem animal.

Entusiasmo e crescimento do veganismo

“Estamos entusiasmados com o contínuo crescimento de pedidos veganos no aplicativo. O que vimos é que os sul-africanos estão lentamente dando um salto do vegetarianismo para o veganismo, já que os restaurantes agora oferecem substitutos veganos para alguns de seus pratos mais icônicos”, disse o chefe de operações do Uber Eats África do Sul, Shane Austin.

Vale lembrar que, conforme pesquisa divulgada pelo Chef’s Pencil em 2019, com base em dados do Google Trends, a África do Sul é o país do continente africano onde o veganismo mais cresce e hoje ocupa o 23º lugar no ranking global.

Entre as cidades mais indicadas para quem busca opções veganas na África do Sul estão Stellenbosch, Randburg, Cidade do Cabo, Sandton (na Região Metropolitana de Joanesburgo) e Porto Elizabeth.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here