Vaquita é tema de documentário com Leonardo DiCaprio

Sem ações enérgicas, a vaquita pode desaparecer nos próximos anos

Vaquita, o menor cetáceo do mundo – medindo um metro e meio e pesando cerca de 50 quilos (Acervo: WWF)

Ameaçada de extinção, a vaquita, também conhecida como boto-do-pacífico, é tema de documentário com Leonardo DiCaprio, presidente mexicano Enrique Peña Nieto e a organização Sea Shepherd, de conservação da vida marinha.

“Vaquita – Sea of Ghosts”, que está sendo produzido pela Terra Mater Factual Studios, sediada em Viena, na Áustria, é uma continuação do documentário indicado ao Oscar “The Ivory Game”, de 2016, que aborda o comércio ilegal de marfim. A previsão é de que o documentário seja lançado nos próximos meses.

Dirigido pelo austríaco Richard Ladkani, que traz no currículo mais de 50 documentários para cinema e TV, o filme discute a pesca ilegal e as tentativas e meios de salvar a vaquita, o menor cetáceo do mundo – medindo um metro e meio e pesando cerca de 50 quilos.

Segundo informações do Comitê Internacional para Recuperação da Vaquita (Cirva), atualmente restam apenas 30 vaquitas, espécie endêmica do Golfo da Califórnia, no Noroeste do México. E a má notícia é que elas podem ser extintas até 2022, o que endossa a urgência de um documentário sobre a realidade do boto-do-pacífico.

A maior causa do risco de extinção do cetáceo é a pesca ilegal no Golfo da Califórnia, onde a morte das vaquitas é um efeito da pesca de totoaba, espécie de peixe com bexigas natatórias que têm alto valor comercial na China.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here