Artista revela olhar sensível sobre os animais que comemos

Lindsay Leigh Lewis concebe obras em que os personagens reduzidos a alimentos e outros produtos aspiram nossa empatia e respeito

Quem não gostaria de evitar o sofrimento desnecessário decorrente da má intervenção humana? (Artes: Lindsay Leigh Lewis)

Após se tornar vegana, Lindsay Leigh Lewis começou a registrar, por meio da arte, um olhar sensível sobre os animais que comemos.

Com a intenção de chamar a atenção para a necessidade de entendermos que outros animais, assim como nós, partilham de emoções e sentimentos, a artista estadunidense que reside em Orange County (CA) concebe obras em que os personagens aspiram nossa empatia e respeito.

Afinal, quem não gostaria de evitar o sofrimento desnecessário decorrente da má intervenção humana? Animais como bovinos, suínos e galináceos, entre outras espécies que subjugamos com fins de consumo, não são diferentes de nós nesse aspecto.

Considerando isso, em uma de suas obras, Lindsay nos mostra um leitãozinho, que será reduzido a pedaços de carne, desalentado pela queda de seu semelhante, que sucumbiu à sofrida realidade do confinamento que termina apenas com a iminência da morte.

É um retrato da capacidade animal de ter empatia, de sofrer pela ausência do outro, de compadecer-se por sua dor e temê-la também pela extensão de sua própria.

Ao mesmo tempo em que o pequeno animal mira o próprio companheiro, ele também parece nos observar e nos inquirir a partir da expressão do olhar – numa associação de que aquela realidade só existe em consequência de nossos hábitos alimentares e displicência.

Um pintinho solitário e prestes a ser moído, como indesejado subproduto da indústria de ovos; um bezerro com a boca selada por um código de barra; e um porco recebendo um afago pouco antes de ter seu fim consumado pela degola em um matadouro. O que eles têm em comum?

Além do óbvio interesse em não morrer em nome do nosso prazer, são três criaturas de diferentes espécies que para livrarem-se de tais realidades dependem apenas de nossa vontade em abdicarmos do consumo de alimentos e outros produtos de origem animal baseados em partes de seus corpos.

Em síntese, as obras de Lindsay Leigh Lewis são um convite para refletirmos sobre o que estamos fazendo com os animais, já que temos condições de ir na contramão dessa violência legitimada.

Acompanhe o trabalho de Lindsay Leigh Lewis:

Website

Instagram

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here