Chelsea inaugura lanchonete vegana em Londres

A lanchonete C.F.C. Vegan Kitchen está localizada no Estádio Stamford Bridge

A inauguração da lanchonete vegana é parte de um compromisso do Chelsea de diminuir o impacto do clube no meio ambiente (Fotos: Chelsea Football Club)

Um dos maiores clubes de futebol da Inglaterra, que teve como um dos destaques o zagueiro brasileiro David Luiz, o Chelsea inaugurou uma lanchonete vegana que recebeu o nome de C.FC. Vegan Kitchen.

Situada no estádio Stamford Bridge, em Londres, a lanchonete é a primeira da categoria na Premier League, e já tem um cardápio com opções que incluem hambúrgueres, pizzas e espetinhos. Além disso, como medida em prol da sustentabilidade, não oferece nada em plástico descartável.

A inauguração da lanchonete vegana é parte de um compromisso do Chelsea de diminuir o impacto do clube no meio ambiente.

“Estamos satisfeitos em oferecer alternativas à base de plantas aos fãs do esporte”, disse o porta-voz do Chelsea, Simon Hunter. E acrescentou: “É algo com o qual estamos muito comprometidos.”

Parceira do Chelsea na idealização e administração da lanchonete, a Levy UK, disse que há uma crescente demanda dos fãs de futebol no Reino Unido por alimentos e bebidas mais sustentáveis.

“A adoção de uma abordagem reducionista sempre que possível nos permitirá fornecer alimentos saborosos e baseados em plantas, além de combater o desperdício e reduzir nosso impacto no meio ambiente”, reforçou o diretor da Levy UK, Jon Davies.

Vale lembrar que em 2019 a BBC produziu o documentário “Football Going Vegan”, que discute o crescimento do veganismo no futebol. Embora nem todos os participantes da obra tenham optado por se abster do consumo de animais em primeiro lugar por uma questão ética, há jogadores que se posicionam como defensores dos direitos animais.

Um exemplo é o zagueiro inglês Chris Smalling, do Manchester United, que atualmente está emprestado para o Roma, da Itália.

“Com tantos esportistas adotando uma dieta baseada em vegetais, viajamos com o ex-jogador de futebol inglês Jermaine Jenas enquanto ele se aprofunda no assunto um tanto controverso”, informa a BBC em referência ao protagonista do documentário que decide começar a sua transição para o veganismo.

Em “Football Going Vegan”, Jenas conhece aquele que é considerado o primeiro time de futebol vegano do mundo – o Forest Green Rovers, fundado por Dale Vince, um investidor do ramo de energias alternativas.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here