Couro vegano será produzido a partir de uma das maiores plantações de abacaxi do mundo

A Ananas Anam, criadora do Pinãtex, firmou uma parceria com a Dole Sunshine, que descarta grandes quantidades de folhas de abacaxi

As folhas para a produção do Piñatex, que dá origem a uma alternativa vegana ao couro, serão coletadas nas fazendas da Dole Sunshine nas Filipinas (Fotos: Divulgação)

Na semana passada, a Dole Sunshine Company, que mantém uma das maiores plantações de abacaxi do mundo, firmou uma parceria com a Ananas Anam, pioneira na produção de um couro vegano a partir de fibras de folhas de abacaxi.

Com isso, a DSC fornecerá a matéria-prima para que a Ananas Anam amplie a oferta do Piñatex, sua alternativa ao couro. “É uma alternativa inovadora, vegana, natural e de origem sustentável”, garante a empresa.

As folhas serão coletadas nas fazendas da Dole Sunshine nas Filipinas, o que também faz parte de um compromisso em reduzir até 2025 o descarte associado à sua produção de abacaxi.

“Por meio de nossa parceria com a Dole, teremos acesso a um volume muito maior de fibras de folha de abacaxi para atender à crescente demanda por Piñatex não somente na moda, mas também nos setores de estofados e automotivos”, diz a CEO da Ananas Anam, Melanie Broye-Engelkes.

“Isso nos ajudará a criar um impacto social positivo mais amplo entre as comunidades agrícolas e a reduzir continuamente nossa pegada ambiental por meio da valorização de resíduos.”

A DSC também classifica a parceria como promissora. “A Dole está contribuindo com um mundo em que as alternativas em materiais sustentáveis estão se tornando cada vez mais importantes conforme marcas globais buscam substitutos para seus produtos.”

Folhas de abacaxi e oportunidades 

O Piñatex, da Ananas Anam, sediada em Londres, é produzido a partir de fibras extraídas de folhas que, quando secas e processadas, dão origem a um tecido semelhante ao couro.

“O uso da fibra das folhas do abacaxi também oferece a oportunidade de criar uma indústria escalável para o desenvolvimento de comunidades agrícolas e para a melhoria dos meios de vida de pequenas cooperativas/agricultores”, afirma a fundadora e diretora de inovação e criatividade da Ananas Anam, Carmen Hijosa.

Segundo Carmen, na Ananas Anam, o objetivo é enfrentar os desafios da nossa era por meio do desenvolvimento de produtos inovadores em que o sucesso comercial está relacionado à promoção do desenvolvimento social, ecológico e cultural.

“Ao nos conectarmos em um nível profundo com as pessoas com quem trabalhamos, desenvolvemos ecossistemas que crescem simbioticamente para gerar mudanças positivas no mundo.”

A Dole diz que está trabalhando em direção a uma economia mais circular e encontrando novas soluções de embalagem para seus produtos, visando reduzir não apenas o desperdício de alimentos, mas também o uso de plástico.

Clique aqui para saber mais sobre o Pinãtex.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here