Grupos da USP e Universidade de Lisboa oferecem palestra de filosofia animal com Fahim Amir

Fahim Amir é vegano há mais de 20 anos e autor de um livro que foi eleito um dos melhores de 2019 pelo Goethe-Institut e pela Feira do Livro de Frankfurt

Na quarta-feira (22), das 9h às 11h30,  os grupos Praxis, da Universidade de Lisboa, e Diversitas, da Universidade de São Paulo (USP), oferecerão a palestra “Toda a minha tristeza parece tão…Haraway – Promessas e problemas da ética discursiva e das políticas multiespécies de Donna Haraway”, com o filósofo Fahim Amir.

O evento faz parte do terceiro ciclo de estudos promovido pelo Grupo de Leitura Filosofia Animal (Diversitas-USP e Grupo Praxis-CFUL), cujo trabalho de pesquisa centrou-se no tema “Espécies Companheiras – Leituras de Donna Haraway”. A palestra será on-line e contará com tradução simultânea do alemão para o português. Para emissão de certificado de participação é necessário fazer a inscrição.

Fahim Amir é um filósofo que vive em Viena, Áustria. Ele lecionou em universidades e academias de arte na Europa, Estados Unidos e América Latina. Sua investigação explora os limiares da natureza, cultura e urbanismo; arte e utopia; e historicidade colonial e modernismo.

Amir coeditou “Transcultural Modernisms”, lançado em 2013 pela Sternberg Press, e escreveu o posfácio da edição alemã do “Manifesto das Espécies Companheiras de Donna Haraway”, lançado pela Merve em 2016.

O seu livro “Schwein und Zeit: Tiere, Politik, Revolte”, publicado pela Edição Nautilus, em 2018, que em português é “Porco e Tempo: Animais, Política, Revolta”, recebeu o Prémio Karl Marx e foi incluído na lista dos dez best-sellers de não ficção do Die Zeit/ZDF e foi escolhido como um dos melhores livros do ano 2019 pelo Goethe-Institut e pela Feira do Livro de Frankfurt.

“O Fahim Amir é vegano há mais de 20 anos e esse livro que ganhou prêmios está muito potente. Foi publicado em alemão e traduzido já para o inglês, francês e persa”, diz a coorganizadora Luanda Francine.

Mais recentemente, Amir escreveu o manifesto de coabitação da exposição epônima da revista de arquitectura Arch+ (silent green, Berlim, 2021).

O evento é organizado por Dirk Michael Hennrich e Luana Francine Garcia da Costa – CFUL (Lisboa) | Diversitas (FFLCH/USP).

Clique aqui para se inscrever

Clique aqui para acessar o canal do Diversitas no YouTube

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here