ONU premiará projetos em benefício do meio ambiente

“O Pnuma busca apoiar jovens com visão, que reconhecem a gravidade da crise ambiental global e têm coragem para encontrar soluções inovadoras"

Vencedora da última edição, Anna Luisa Bezerra desenvolveu um meio de facilitar o acesso à água potável filtrando a água da chuva (Foto: ONU/Divulgação)

A Organização das Nações Unidas (ONU) anunciou na última segunda-feira (10) que já estão abertas as inscrições para o Prêmio Jovens Campeões da Terra 2020, voltado a quem desenvolve algum projeto em benefício do meio ambiente e que precisa de apoio.

Este ano serão premiados sete jovens vencedores e vencedoras de sete regiões do mundo que receberão um investimento inicial para viabilizarem seus projetos, além de orientações e oportunidades de participar de reuniões da ONU para discutirem suas ideias.

Vencedor em 2018 pela Ásia e Pacífico com um projeto que controla as emissões de geradores a diesel, Arpit Dhupar diz que o programa realmente pode abrir portas. “Pode ajudá-lo a chegar lá e espalhar sua mensagem para o maior número possível de pessoas”, declara.

O Campeões da Terra foi uma forma encontrada pelo Programa das Nações Unidas para o Meio Ambiente (Pnuma) de estimular iniciativas que ajudem a minimizar os efeitos das mudanças climáticas.

“O Pnuma busca apoiar jovens com visão, que reconhecem a gravidade da crise ambiental global e têm coragem para encontrar soluções inovadoras — muitas vezes utilizando a própria natureza — para construir um planeta mais saudável”, informa a ONU.

No ano passado, uma das vencedoras do Prêmio Campeões da Terra foi a biotecnóloga brasileira Anna Luisa Bezerra, que desenvolveu um meio de facilitar o acesso à água potável filtrando a água da chuva armazenada em cisternas instaladas em área rurais.

Interessados em participar precisam ter entre 18 e 30 anos e devem enviar sua ideia até o dia 10 de abril. Para saber mais e se inscrever, clique aqui.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here