ONU recomenda consumo de leguminosas em vez de carne

Mais uma vez, a ONU reforça que a população mundial deveria consumir muito menos proteína animal

ONU sugere que as pessoas comam mais alimentos vegetais (Foto: Unsplash)

Em um artigo publicado em outubro, a Organização das Nações Unidas (ONU) defende mais uma vez a redução do consumo de carne. A publicação intitulada “Eating better – for us and the planet” destaca que os consumidores podem não perceber como suas escolhas alimentares afetam o meio ambiente e a própria saúde.

Segundo a ONU, a população mundial deveria consumir muito menos proteína animal, considerando que a pecuária é uma das principais causas das mudanças climáticas e, na maior parte do mundo, as pessoas já consomem mais alimentos de origem animal do que deveriam.

De acordo com a publicação, em consequência disso, cada vez mais esse consumo também tem sido associado ao desenvolvimento de problemas de saúde.

“Diversifique sua dieta e prepare mais refeições em casa. Coma mais alimentos vegetais – desfrute de leguminosas como ervilhas, feijões e grão-de-bico como fontes de proteínas. Consuma alimentos locais e sazonais”, defende.

Escolhas e hábitos mais sustentáveis

A ONU também sugere que os consumidores valorizem mais a aquisição de alimentos produzidos de forma sustentável e que busquem aprender sobre práticas agrícolas e rotulagem.

“Evite embalagens excessivas, que podem acabar em aterros sanitários. Não desperdice comida: eliminar o desperdício de comida pode reduzir as emissões globais de carbono em 8 a 10%”, acrescenta.

E continua: “Tenha a sua própria horta, mesmo que seja uma pequena na sua cozinha. Apoie organizações, políticas e projetos que promovam sistemas alimentares sustentáveis. E discuta a importância de alimentos saudáveis e sustentáveis com produtores, fornecedores, legisladores, amigos e familiares.”

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here