Audiência discute indicação de parque mineiro a Patrimônio da Humanidade

Parque abriga várias cavernas, a maior estalactite do mundo com 28 metros de comprimento, sítios arqueológicos e pinturas rupestres

Vivem em seu território diversos animais ameaçados de extinção e a tribo indígena dos Xacriabás (Foto: ICMBio/Mirian Kurushima)

A  Comissão de Turismo da Câmara dos Deputados discute amanhã (21) a partir das 15h a candidatura do Parque Nacional Cavernas do Peruaçu, situado em Minas Gerais, à categoria de patrimônio cultural e natural da Unesco. De acordo com informações da Agência Câmara, o debate foi sugerido pelo deputado Paulo Guedes (PT-MG).

O Parque Nacional Cavernas do Peruaçu é uma unidade de conservação localizada no norte de Minas Gerais, criada em 1999, com área de 56,4 mil hectares distribuídos entre os municípios de Januária, Itacarambi e São João das Missões.

O parque abriga várias cavernas, a maior estalactite do mundo com 28 metros de comprimento, sítios arqueológicos e pinturas rupestres. Além disso, vivem em seu território diversos animais ameaçados de extinção e a tribo indígena dos Xacriabás.

Guedes explica que, para a habilitação da candidatura, é preciso atender a apenas um dos dez critérios definidos pela Unesco como pré-requisitos. “O Peruaçu atende a três desses critérios: mostrar um testemunho único de uma tradição cultural que está viva; conter áreas de beleza natural; e ser um exemplo excepcional representativo de diferentes estágios da história da Terra”, enumera.

O deputado lembra ainda que o Peruaçu tenta concorrer ao Selo de Patrimônio da Humanidade desde 1998. “A conquista do selo dará maior visibilidade nacional e internacional, incentivará a preservação ambiental, impulsionará o turismo e fortalecerá a atividade econômica.”

Foram convidados para participar da audiência, entre outros, o ministro do Turismo, Marcelo Álvaro Antônio; e o diretor do Departamento de Cooperação e Fomento do Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan), Marcelo José Santos de Brito; e um representante da Unesco no Brasil.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here