Zagueiro do Manchester United culpa a pecuária pelas queimadas na Amazônia

“A principal causa do desmatamento na Amazônia é a pecuária e os incêndios ocorrem deliberadamente por causa disso"

“Sou um ser humano com uma família que gostaria de ver esse planeta prosperando” (Fotos: Reuters)

O zagueiro do Manchester United, Chris Smalling, publicou hoje no Instagram que a pecuária é a culpada pelas queimadas na Amazônia. O jogador declarou aos seus mais de 2,3 milhões de seguidores que a floresta amazônica, que tem o maior potencial de retardar o aquecimento global, está em chamas.

“Sou um ser humano com uma família que gostaria de ver esse planeta prosperando. Se eu puder usar minha posição para ajudar, então isso é o que farei. Precisamos dar um fim a toda essa ignorância e promover uma mudança”, desabafou.

Smalling destacou que a Amazônia é a maior floresta tropical do mundo e é capaz de fornecer 20% do nosso oxigênio, e abriga cerca de três milhões de espécies de plantas e animais, além de uma população indígena de um milhão de pessoas.

“A principal causa do desmatamento na Amazônia é a pecuária e os incêndios ocorrem deliberadamente por causa disso [as queimadas abrem espaço para as pastagens]. Entre janeiro e agosto, o Inpe detectou 74 mil deles! A agricultura animal é responsável por 18% das emissões de gases do efeito estufa…mais do que a soma dos gases liberados por todos os transportes”, criticou e acrescentou que os incêndios liberam enormes quantidades de dióxido de carbono (CO2) na atmosfera.

Em março deste ano o atleta gravou um vídeo convidando os torcedores a se tornarem veganos. Ao longo de dois minutos, o zagueiro faz campanha a favor dos direitos animais, critica a agropecuária e fala dos benefícios do veganismo:

“Percebi como a agropecuária é brutal para os animais, como é desnecessária para nós e como é prejudicial ao meio ambiente”, diz e pede aos fãs para abandonarem o consumo de alimentos de origem animal.

Também diz que, embora esteja sempre buscando o melhor como atleta, foi a preocupação com o bem-estar animal que o levou para o veganismo.

Além disso, aponta benefícios em uma vida mais ética em relação aos animais e cita como fontes de proteínas alimentos como grão-de-bico, tofu e tempeh:

“Eu tinha muita tendinite no joelho e, depois que me tornei vegano, todos esses sintomas simplesmente desapareceram.”

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here