Categorias: Contos e Crônicas

Mais um no matadouro

Foto: Four Paws

Mais um no matadouro. Cabeça em boa altura, olhar indefinido e cheiro também. Posicionou o instrumento contra o crânio e disparou.

Saíram duas mãos que envolveram a cabeça bovina e massagearam o topo. Não havia furo, tremura, queda nem dor. O box abriu.

Doutro lado, vacas penduradas recebiam afagos no couro antes de serem colocadas no chão. Sangue? Nenhuma gota. Concussão? Sumiu.

Só pelo escovado. Cheiro de carne crua inexistia. Vestígios de violência? Em lugar nenhum. Só galochas e aventais limpos, com olor de quem não morreu. E quem morreu? Já ninguém.

Em sentido figurado, douro também é dourar que é disfarçar para parecer agradável. Então mata douro? Matar sem desagradar? Que quimera! Sim, e agora ninguém vai dourar nem matar.

Um boi atravessou o matadouro, acompanhado por olhos como pequenas criaturas querendo saltar fora. Não foi o único.

Todos os animais foram embora. Do lado de lá, alguém viu a boiada desaparecer. Pra onde? A gente não precisa saber.

Matadouro também sumiu, mas ninguém disse que viu. E precisava dizer? Não precisava. Ficou um nada, que é uma forma de um tudo. É só ver.

Gosta do trabalho da Vegazeta? Colabore realizando uma doação de qualquer valor clicando no botão abaixo: 

David Arioch

Jornalista e especialista em jornalismo cultural, histórico e literário (MTB: 10612/PR)

Posts Recentes

Preocupação com o meio ambiente não deve ser apenas sobre nós

É importante a conscientização sobre as mudanças climáticas e impactos ambientais associados ou não à…

14 minutos ago

Sue Coe: “Animais criados para consumo são estuprados toda vez que são inseminados”

Em um vídeo com duração de cinco minutos disponibilizado pela revista ArtForum com a artista…

20 horas ago

Santuário Filhos da Luz precisa de ajuda para não fechar as portas

O Santuário Filhos da Luz, de Tramandaí (RS), que abriga mais de 300 animais, entre…

22 horas ago

Museu Mineiro recebe festival vegano no dia 21

No domingo (21), das 11h às 18h, o festival vegano Paraíso Veg será no Museu…

23 horas ago

Consumir proteína animal é financiar um sistema perverso

No Brasil, a ordem de consumo de animais é a seguinte: frangos, suínos e bovinos,…

1 dia ago

Toda hora tem boi a caminho da morte

Um percurso de criaturas pacíficas num momento pacífico? E vão lado a lado, como se…

2 dias ago