Venda de alimentos à base de vegetais cresce 49% na Europa

“A pandemia acelerou ainda mais esse crescimento porque as pessoas refletiram sobre suas prioridades"

“Há um novo foco em relação aos alimentos que consumimos” (Foto: Antonio Cansino/Pixabay)

A venda de alimentos à base de vegetais, incluindo alternativas à carne e aos laticínios, cresceu 49% na Europa entre 2018 e 2020, segundo pesquisa da Smart Protein.

“A pandemia acelerou ainda mais esse crescimento porque as pessoas refletiram sobre suas prioridades, o que levou a uma mudança de atitude em relação à saúde e ao bem-estar”, informa.

“Há um novo foco em relação aos alimentos que consumimos”. Esse maior interesse por alimentos de origem não animal motivou a idealização da Plant Based World Expo, que será realizada nos dias 15 e 16 de outubro no Business Design Centre em Londres.

“O evento oferecerá aos visitantes a oportunidade de descobrir mais sobre os mais recentes alimentos à base de vegetais que estão entrando no mercado e como podem ser incorporados em pratos saborosos e nutritivos”, informa a comissão organizadora do PBWE.

“A dieta desempenha um papel fundamental”

O diretor administrativo da Plant Based World Expo, Jonathan Morley, diz que muitos consumidores na Europa estão reavaliando seus estilos de vida.

“A dieta desempenha um papel fundamental na saúde das pessoas, por isso não é surpresa que o interesse por alimentos veganos e à base de vegetais esteja crescendo em um ritmo tão rápido”, diz.

“Estamos entusiasmados em oferecer um evento que permitirá aos profissionais descobrir as últimas inovações e aprofundar seus conhecimentos sobre as capacidades dos produtos à base de vegetais, e ao mesmo tempo em que criam conexões com os melhores fornecedores.”

Clique aqui para saber mais sobre o evento.

Gosta do trabalho da Vegazeta? Colabore realizando uma doação de qualquer valor clicando no botão abaixo: 




DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here