Cipatex lança laminado vegano para calçados

Para criar o artigo, a empresa desenvolveu um sistema de reciclagem interna para reaproveitar retalhos, sobras e aparas (Fotos: Divulgação)

A Cipatex lançou este mês o “Recicle”, um laminado vegano para calçados, bolsas e acessórios. O produto é feito a partir de resíduos de PVC e polímeros reciclados.

“É isento de matéria-prima de origem animal e livre de metais pesados”, informa. Para criar o artigo, a empresa desenvolveu um sistema de reciclagem interna para reaproveitar retalhos, sobras e aparas de PVC e outros polímeros provenientes do seu processo produtivo. Os resíduos são transformados em pequenos grânulos multicoloridos e depois incorporados em uma base transparente para ganhar forma de laminado.

De acordo com o consultor técnico de desenvolvimento de produto, Rafael Bonvincine, a transparência e os pontos coloridos garantem versatilidade e um visual moderno ao componente, que pode ser aplicado em alta frequência em detalhes de calçados, reforços em vista de ilhós, bolsas, nécessaire e logotipos.

Bonvincine diz que o lançamento tem potencial para ser 100% reciclado. A base do artigo conta com uma formulação elaborada a partir de insumos alternativos, provenientes de fontes renováveis.

O produto tem como parte de sua aditivação o cálcio, zinco e potássio, usados comumente como fertilizantes agrícolas. “O ‘Recicle’ foi totalmente pensado e desenvolvido no conceito sustentável, visando um laminado versátil em sua aplicação e simplificando seu processo produtivo do início ao fim”, comenta.

A reciclagem interna garante economia de 10% com matéria-prima virgem na produção do artigo, além de expectativa de queda no consumo de água, de energia e na emissão de poluentes na atmosfera. A medida também reduz o acúmulo de sobras e desafoga a central de armazenamento de resíduos.

A estratégia do projeto também foi pautada na logística reversa, já que o processo desenvolvido possibilita o reaproveitamento dos laminados que sobram dos clientes (fabricantes de calçados) e não serão mais utilizados. Os materiais de PVC podem ser encaminhados à empresa para serem transformados em grânulos e reutilizados na produção de um novo “Recicle”, o que contribui para diminuir os impactos ambientais.

Outro fator positivo citado é que o ciclo do novo artigo continua mesmo após o fim da sua vida útil, já que o produto é 100% reciclável. “O perfil sustentável do componente oferece novas oportunidades à indústria calçadista que busca aumentar seu portfólio com produtos de qualidade, design diferenciado e com pegada ambiental”, afirma Rafael Bonvincine.

Conforme Silvio Martins, head de marketing da Cipatex, o desenvolvimento do material reflete o conceito Governança Ambiental, Social e Corporativa (ESG). “Além de reforçar o compromisso da marca com a redução de impactos ambientais, o projeto incentiva toda a cadeia produtiva a unir esforços na criação de artigos mais sustentáveis para oferecer ao consumidor um produto final alinhado com a moda consciente”, complementa Martins.

Gosta do trabalho da Vegazeta? Colabore realizando uma doação de qualquer valor clicando no botão abaixo: 




[themoneytizer id=”85237-1″]

 

Jornalista e especialista em jornalismo cultural, histórico e literário (MTB: 10612/PR)

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *