Cinema

Diretor de “Boyhood” não come carne há 35 anos

“Quanto mais eu fico sabendo sobre a indústria da carne, mais fico feliz por ter me tornado vegetariano” (Foto: Getty)

Com uma trajetória no cinema iniciada em 1988, o diretor Richard Linklater deixou de comer animais muito antes de dirigir o seu primeiro filme de longa-metragem – “Slacker”, de 1990.

Mais tarde, ele conquistou renome internacional com filmes como “Jovens, Loucos e Rebeldes”, de 1993; “Antes do Amanhecer”, de 1995; “Antes do Pôr do Sol” de 2004; “Antes da Meia-Noite, de 2013; e “Boyhood”, de 2014, que acompanha as mudanças de um jovem ao longo de 12 anos – tempo que o filme com seis indicações ao Oscar, e que garantiu a Patricia Arquette o prêmio de melhor atriz coadjuvante, levou para ser produzido.

“Tem sido incrível ser vegetariano”

Em um vídeo disponibilizado pela organização Pessoas Pelo Tratamento Ético dos Animais (PETA), Richard Linklater conta, utilizando uma camiseta que traz a estampa “Libertação Animal”, que decidiu abdicar de comer animais em 1985, ou seja, há 35 anos.

“Você sabia que você salva pelo menos cem animais por ano apenas não consumindo carne?”, diz o cineasta que também dirigiu “Escola de Rock”, com Jack Black, que em março anunciou que está retirando alimentos de origem animal da dieta em prol do meio ambiente.

“Tem sido incrível ser vegetariano. As pessoas me dizem: “Você é do Texas, como você pode ser vegetariano? É fácil, nós temos de tudo no Texas”, diz Linklater que, segundo seus cálculos, já salvou pelo menos 3,5 mil animais apenas tirando a carne do prato.

“Faça um favor aos animais e ao planeta”

“Quanto mais eu fico sabendo sobre a indústria da carne, mais fico feliz por ter me tornado vegetariano. Você sabia que ao se tornar vegetariano, você ajuda a salvar o planeta? A indústria da carne é quem mais contribui com a degradação ambiental, desperdiçando água, mudanças climáticas, desmatamento e posso dizer mais”, frisa no vídeo da PETA.

E acrescenta: “Isso é muito legal. E isso tem sido bem saudável, já que não tenho problemas de saúde. Então faça um favor aos animais e ao planeta, seja veggie.”

Clique aqui e aqui e conheça alguns motivos para você ser vegano.

David Arioch

Jornalista e especialista em jornalismo cultural, histórico e literário (MTB: 10612/PR)

Posts Recentes

Quanto vale a vida de um animal?

Viu um bezerro caído na estrada. “Foi atropelado?” Parou o carro e desceu. O animal…

2 semanas ago

Uma lâmina serve quanta violência no matadouro?

Ver um animal vivo e pouco depois observá-lo morto causou-lhe mal-estar. Estava ali para testemunhar…

3 semanas ago

Como os porcos vivem pouco

Não faz aniversário. Não passa de meio ano de vida. O que pode ser comemorado…

3 semanas ago

SP: Santuário Filhos de Shanti precisa de doações com urgência

Com sede em Pindamonhangaba (SP), o Santuário de Animais Filhos de Shanti está pedindo ajuda para arrecadar…

3 semanas ago

Mercado de alimentos veganos crescerá 42% até 2025

Um relatório da Business Research Company estima que o mercado de alimentos veganos crescerá 42%…

3 semanas ago

Novilha é enviada para santuário após escapar de matadouro em NY

Uma novilha que escapou este mês de um matadouro da cidade de Nova York foi…

3 semanas ago