Categorias: EconomiaNotícias

Mercado de alternativas à carne pode crescer 45%

De acordo com um relatório concluído em abril pela 360iResearch, o mercado global de alternativas à carne pode crescer 45% até 2027 em comparação com 2021, atingindo um valor de mais de US$ 4,950 bilhões.

Em relação às Américas, o relatório avalia a realidade de países como Argentina, Brasil, Canadá, México e Estados Unidos. Ou seja, o Brasil foi escolhido para a avaliação por causa do seu potencial no mercado de alternativas à carne.

A estimativa para o segmento é reforçada por outras pesquisas, como da Markets and Markets, que também conclui que até 2027 o mercado deve atingir um valor de não menos que US$ 4 bilhões, com uma taxa de crescimento anual composta (CAGR) de 13,5%.

O relatório inclui alternativas a partir da proteína de soja, de trigo e ervilha, além da micoproteína (a partir de fungos).

Como destacado também em outras pesquisas sobre o assunto, o mercado é impulsionado pela crescente conscientização dos consumidores sobre os benefícios das proteínas de origem não animal, além de motivações éticas envolvendo bem-estar animal e meio ambiente.

De acordo com o relatório, a soja continuará tendo a maior participação no mercado. “A proteína de soja tem sido um dos ingredientes preferidos para garantir ao produto final a textura de carne”, acrescenta a publicação da Markets and Markets.

Para os produtos que visam mimetizar o aspecto da carne, a versão texturizada tem atraído maior interesse do que a versão isolada ou concentrada. “Além disso, é a fonte vegetal mais barata disponível no mercado global.”

A Markets and Markets conclui que o aumento do número de veganos e flexitarianos no mundo todo tem estimulado o mercado de alternativas à carne.

Gosta do trabalho da Vegazeta? Colabore realizando uma doação de qualquer valor clicando no botão abaixo: 

David Arioch

Jornalista e especialista em jornalismo cultural, histórico e literário (MTB: 10612/PR)

Posts Recentes

Preocupação com o meio ambiente não deve ser apenas sobre nós

É importante a conscientização sobre as mudanças climáticas e impactos ambientais associados ou não à…

43 minutos ago

Sue Coe: “Animais criados para consumo são estuprados toda vez que são inseminados”

Em um vídeo com duração de cinco minutos disponibilizado pela revista ArtForum com a artista…

20 horas ago

Santuário Filhos da Luz precisa de ajuda para não fechar as portas

O Santuário Filhos da Luz, de Tramandaí (RS), que abriga mais de 300 animais, entre…

22 horas ago

Museu Mineiro recebe festival vegano no dia 21

No domingo (21), das 11h às 18h, o festival vegano Paraíso Veg será no Museu…

23 horas ago

Consumir proteína animal é financiar um sistema perverso

No Brasil, a ordem de consumo de animais é a seguinte: frangos, suínos e bovinos,…

1 dia ago

Toda hora tem boi a caminho da morte

Um percurso de criaturas pacíficas num momento pacífico? E vão lado a lado, como se…

2 dias ago