402 deputados votam a favor de vaquejada, rodeio e laço no Brasil

Proposta recebeu apenas 34 votos contra no plenário da Câmara dos Deputados

Tudo indica que o objetivo desses projetos é fazer frente à oposição que cresce no país contra essas práticas (Fotos: Reprodução)

Ontem, 402 deputados votaram a favor do projeto que regulamenta a vaquejada, rodeio e provas de laço no Brasil. De autoria do senador Raimundo Lira (MDB-PB), a proposta recebeu apenas 34 votos contra no plenário da Câmara dos Deputados.

A matéria do PL 8240/2017, que altera a Lei 13.364/16, prevê o reconhecimento dessas práticas que envolvem uso de animais “como expressões esportivo-culturais pertencentes ao patrimônio cultural brasileiro de natureza imaterial, sendo atividades intrinsecamente ligadas à vida, à identidade, à ação e à memória de grupos formadores da sociedade brasileira”.

Também está tramitando na Câmara dos Deputados um projeto de lei de autoria do deputado Efraim Filho (DEM-PB), que prevê o reconhecimento da vaquejada como “atividade desportiva formal”.

Tudo indica que o objetivo desses projetos é fazer frente à oposição que cresce no país contra essas práticas, seguindo pelo mesmo caminho do Projeto de Lei (PL) 13.365/2016, que elevou vaquejadas e rodeios à condição de manifestação cultural nacional e patrimônio cultural imaterial.

Saiba Mais

Projeto que teve texto-base aprovado ontem na Câmara também prevê regulamentação do adestramento, concurso de equitação, enduro, hipismo rural, provas de velocidade, cavalgada, cavalhada, concurso de marcha, corrida, provas de rodeio e polo equestre.

11 COMENTÁRIOS

  1. Eles acham que votando a favor vao continuar estao enganados porque somos mais fortes os protetores dos animais se querem guerra entao vao tem esse brasil ja passou da hora de mudar essa merda de vaquejada isso e ser atrasado demais sera que vcs nao notaro que isso nao e cultura e sim tortura porque vcs nao faca isso com vcs mesmo ja que gostam bando de hipocritas .nos somos a voz dos animais e essa geracao nao aceita isso .se for preciso vamos invadir explodir e salvar os animais fica o alerta

  2. Em pleno seculo21,maltratar animais e achar que e cultural,e de uma estupidez sem limites.Esperar o que, desse congresso falido e corrompido.

  3. Uma vergonha essa votação. Estamos andando na contramão do que se possa considerar um povo civilizado. O mundo se voltando para cuidados com a alimentação, o planeta e os animais e o Brasil só fazendo o oposto.

  4. Rodeio e tortura pros animais, que a meu ver sofrem muito com este tipo horrível de falso entretenimento.. Não aos maus tratos dos tidos irracionais, pra agradar os idiotas humanos, que não prezam pelo bem estar de qqer ser vivo.

  5. […] E infelizmente, enquanto houver grande conivência, pode ser que estejam certos. Vale lembrar também que no dia 8 de julho, apenas 34 deputados votaram contra o texto-base do projeto de lei que garantiu espaço para aprovação e sancionamento da lei que deixa os animais em situação ainda mais desprivilegiada em relação ao seu uso como meio de entretenimento. Por outro lado, 402 votaram a favor. […]

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here