App de relacionamento vegano ultrapassa 100 mil usuários

Felipelli conta que o aplicativo foi criado tanto para quem busca apenas amizades quanto encontros casuais ou relacionamentos de curto e longo prazo

Um aplicativo de relacionamento desenvolvido especialmente para veganos já ultrapassou 100 mil usuários. A informação foi divulgada neste mês por Alex Felipelli, fundador e CEO do Veggly, lançado no início de 2019.

Felipelli conta que o aplicativo foi criado tanto para quem busca apenas amizades quanto encontros casuais ou relacionamentos de curto e longo prazo. A justificativa, segundo o fundador, é que veganos frequentemente enfrentam desafios para manter relacionamentos duradouros com quem não é.

“Tive dificuldade em encontrar alguém que compartilhasse os mesmos valores. Para veganos e vegetarianos, apenas decidir onde jantar pode ser estranho e estressante quando você sai com alguém que não conhece muito bem”, diz.

E acrescenta: “Mais importante ainda, a decisão de eliminar ou reduzir significativamente o consumo de produtos derivados de animais é muitas vezes uma questão de compromisso. Mesmo que um parceiro respeite essa escolha, se não compartilhá-la, pode ser uma grande barreira.”

O Veggly, que também está disponível em português, pode ser utilizado gratuitamente, mas também existe uma opção paga para quem quer evitar anúncios e ter acesso a recursos que prometem uma melhor experiência no app disponível para iOS, Android e desktop.

Do total de usuários do aplicativo, 53% se identificam como mulheres e 47% como homens; e 58% se apresentam como veganos, 28% como vegetarianos e 14% como alguém em fase de transição.

“Bilhões de animais são mortos para consumo humano a cada ano. Mais e mais pessoas querem fazer parte da mudança necessária para criar um mundo sustentável e livre de crueldade, e querem estar com alguém que compartilhe esse compromisso. Encontrar um parceiro cujos princípios estejam alinhados com os seus é a base de uma relação sólida”, avalia Alex Felipelli.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here