Ativistas filmam porcos agonizando na Bélgica

Animal Rights België: "Por que as pessoas se preocupam com animais de estimação, mas não com animais de fazenda?"

Alguns ficam extremamente agitados e estressados, chegando a estranharem seus companheiros (Imagem: Animal Rights België)

O grupo Animal Rights België divulgou hoje um vídeo da realidade dos animais criados para consumo na Bélgica. Os suínos passam tanto calor, diante de temperatura superior a 33 graus, que deitam no chão ofegando e agonizando com a barriga para cima. Alguns ficam extremamente agitados e estressados, chegando a estranharem seus companheiros.

O vídeo, divulgado pelo jornal Het Nieuwsblad, foi filmado em uma fazenda na província de Flandres Ocidental. A Animal Rights België culpa a sociedade pela situação vivida pelos animais, considerando que essa realidade, encontrada em qualquer parte do mundo, é resultado da demanda pelo consumo de carne. No registro, também é possível ver leitões tentando beber água e se refrescar, sem sucesso.

De acordo com o coordenador de campanha da Animal Rights België, Benoit Van den Broeck, os porcos são muito sensíveis a essas temperaturas e estão sofrendo severamente com a onda intensa de calor: “As imagens são uma ilustração do triste destino dos seis milhões de porcos presos nos chiqueiros da indústria de carne flamenga. Jamais faríamos isso com nossos cães, e ignoramos como os porcos são inteligentes e sensíveis.”

Segundo o Instituto Flamengo Para Pesquisa Agrícola e Pesca, os porcos criados para consumo são realmente sensíveis ao calor e começam a ficar estressados quando a temperatura excede os 18 graus. Na fazenda de porcos em Flandres Ocidental foi registrada temperatura de 34 graus:

“Enquanto a sociedade tem uma preocupação legítima em relação aos animais domésticos presos em carros estacionados durante os dias quentes de verão, milhões de animais de fazenda sofrem com o intenso calor nos chiqueiros. Por que as pessoas se preocupam com animais de estimação, mas não com animais de fazenda, se eles podem sofrer com a mesma intensidade? Pense nisso antes de preparar o churrasco”, sugere a Animal Rights België.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here