Chertkov: “A matança de animais não é mais uma forma natural de luta pela existência”

Chertkov com Tolstói, que foi um grande defensor do vegetarianismo (Foto: Tolstoy Foundation)

Em 1890, Vladimir Chertkov, editor das obras do escritor russo Liev Tolstói, publicou um ensaio intitulado “Zlaia Zabava”, em que faz críticas à prática da caça, a qualificando como maligna. No trabalho, que tem introdução assinada por Tolstói, Chertkov argumenta que não é mais necessário, tratando-se de evolução, o ser humano ter que matar animais para se alimentar:

“A matança de animais não é mais uma forma natural de luta pela existência, mas sim um retorno voluntário a um estado primitivo e bestial.” Segundo Vladimir Chertkov, a caça instiga no ser humano civilizado instintos animais que a consciência humana superou há muito tempo.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here