Pesquisar
Close this search box.

Consumo de carne processada aumenta risco de câncer colorretal

Foto: Pixabay

De acordo com um estudo realizado pela Universidade Tufts e publicado no dia 31 de agosto no periódico médico The BMJ, o consumo de carne processada aumenta o risco de desenvolvimento de câncer colorretal em 29%.

“Começamos pensando que o câncer colorretal poderia ser o câncer mais impactado pela dieta em comparação com outros tipos de câncer”, disse Lu Wang, principal autora do estudo e pós-doutoranda na Friedman School of Nutrition Science and Policy, da Universidade Tufts.

“As carnes processadas, a maioria das quais se enquadra na categoria de alimentos ultraprocessados, são um forte fator de risco para o câncer colorretal. Alimentos ultraprocessados também são ricos em adição de açúcares e pobres em fibras, o que contribui para o ganho de peso e a obesidade, e a obesidade é um fator de risco estabelecido para o câncer colorretal.”

O estudo analisou dados de mais de 200 mil participantes – 159.907 mulheres e 46.341 homens – que participaram de três grandes estudos prospectivos que avaliaram a ingestão alimentar e foram conduzidos ao longo de mais de 25 anos. Cada participante recebeu um questionário de frequência alimentar e perguntas sobre a frequência de consumo de cerca de 130 alimentos.

As análises revelaram diferenças nas formas como homens e mulheres consomem alimentos ultraprocessados ​​e o risco potencial de câncer associado. Dos 206 mil participantes acompanhados por mais de 25 anos, a equipe de pesquisa documentou 1.294 casos de câncer colorretal entre homens e 1.922 casos entre mulheres.

Segundo o estudo, a associação entre alimentos ultraprocessados ​​e câncer colorretal em homens vem da carne vermelha (bovina, suína, caprina e ovina), de aves e produtos à base de peixe. “Esses produtos incluem algumas carnes processadas como salsichas, bacon, presunto e bolinhos de peixe.”

A equipe também descobriu que o maior consumo de bebidas açucaradas, como refrigerantes, bebidas à base de frutas e bebidas açucaradas à base de leite, está associado a um risco aumentado de câncer colorretal em homens.

Clique aqui para ter acesso ao estudo.

Jornalista (MTB: 10612/PR) e mestre em Estudos Culturais (UFMS).

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *