Coronavírus força paralisação de 42 frigoríficos no Brasil

Número de plantas de processamento de carne já paralisadas representa 9,4% do total no Brasil, que hoje soma 446

Levantamento do Mapa não contabiliza paralisações que ocorreram neste mês de maio (Fotos: TCS/Dario Lopez-Mills/AP/Veja)

Neste período de aumento dos casos de coronavírus no Brasil, que já ultrapassa 192 mil, o Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa) divulgou na semana passada que o total de frigoríficos paralisados chegou a 42 em abril, sem contabilizar os fechamentos do início de maio. O número representa 9,4% do total de plantas de processamento de carne no Brasil, que hoje soma 446.

A justificativa é que como os funcionários precisam trabalhar próximos uns aos outros, apenas adotar algumas medidas para evitar contaminação não tem sido eficaz, principalmente quando já existem casos de pessoas contaminadas nos frigoríficos, onde a aglomeração é comum nas linhas de produção.

Segundo informações do Mapa, a maioria dos frigoríficos decidiu paralisar atividades por conta própria após registrarem casos de coronavírus. Já outros foram fechados por determinação judicial. No geral, inclui plantas industriais de processamento de carne bovina, suína, de aves e peixes.

Queda de 20% da demanda por carne

O Ministério da Agricultura divulgou esta semana um manual recomendando a identificação e afastamento de trabalhadores com suspeita ou confirmação da doença.

Vale lembrar também que dados do boletim epidemiológico da Secretaria de Saúde do Rio Grande do Sul apontaram que o estado contabilizou 124 casos de funcionários de frigoríficos contaminados com a covid-19 entre os dias 20 de março e 27 de abril.

Além dessa confirmação, o boletim revelou 1570 casos sintomáticos para síndrome gripal e seis mortes ligadas a funcionários de frigoríficos. Segundo o portal CarneTec Brasil, frigoríficos da JBS e da BRF estão entre os que registraram casos de contaminação no RS.

Em consequência do efeito coronavírus, a previsão da Associação Brasileira de Frigoríficos (Abrafrigo) é de queda de 20% da demanda por carne no Brasil.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here