“Elvira” lança livro em que aborda também seu ativismo em defesa dos animais

Cassandra Peterson aborda o tema no capítulo 28 de "Yours Cruelly, Elvira: Memoirs of the Mistress of the Dark", lançado em setembro

Cassandra Peterson, de 70 anos, é mais conhecida como “Elvira, a Rainha das Trevas”, por causa do sucesso do filme homônimo de comédia/terror lançado em 1988 (Fotos: Getty/Divulgação)

Mais conhecida como “Elvira, a Rainha das Trevas”, por causa do sucesso do filme homônimo de comédia/terror lançado em 1988, a atriz Cassandra Peterson lançou no dia 22 de setembro o livro “Yours Cruelly, Elvira: Memoirs of the Mistress of the Dark”.

Na biografia, que ficou em quarto lugar na lista de best-sellers do The New York Times, Cassandra dedica o capítulo 28 ao seu ativismo em defesa dos animais, iniciado há algumas décadas.

Ela conta que teve um automóvel em que promovia o fim do uso de peles, e que trazia uma importante mensagem na placa: “Ban Fur”, em defesa da proibição do comércio de peles.

Também realizou performances artísticas em que usava casacos de pele cobertos com tinta vermelha em referência ao sangue derramado dos animais para atender a um capricho humano.

Além disso, quando o número de pessoas em defesa da proibição do uso de animais em circos era bem menor do que o atual, Cassandra também endossou o fim da prática.

Contra o uso de animais como entretenimento 

Ela conta que antes de conhecer a realidade desses animais, achou que não havia nada de errado – impressão que também já foi compartilhada por muitas pessoas.

A atriz narra que foi convidada para participar do Circus of the Stars, um programa de TV dos EUA em que celebridades realizavam atos circenses, e era permitido e também incentivado o uso de animais.

Quando soube como os elefantes e outros animais eram treinados em circos, o que incluía uso de instrumentos para causar dor, como ganchos e bastões elétricos, ela recusou a proposta. Sua reação virou notícia, e sua influência contribuiu para mudar a percepção de muitas pessoas em relação ao entretenimento com animais.

Ela é citada pela organização Pessoas Pelo Tratamento Ético dos Animais (PETA) como uma das influentes personalidades que disseminaram uma mensagem que ajudou a acabar com a exploração de animais promovida pelo Ringling Bros. and Barnum and Bailey Circus.

Cassandra Peterson já colaborou com entidades em defesa dos animais como a PETA e a Mercy for Animals (MFA).

Gosta do trabalho da Vegazeta? Colabore realizando uma doação de qualquer valor clicando no botão abaixo: 




DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here