Empresa que produz “couro” e “bacon” de fungo arrecada mais de R$ 330 milhões

“Por meio de parcerias e colaborações, estamos criando carne vegana, embalagens biodegradáveis e produtos têxteis semelhantes ao couro"

(Fotos: Ecovative)

A Ecovative, uma empresa estadunidense que está produzindo “couro” e “bacon” de fungos, anunciou na semana passada que arrecadou o equivalente a mais de R$ 330 milhões em investimentos.

Os recursos serão utilizados para que a empresa possa acelerar sua produção em escala industrial. Hoje a principal matéria-prima utilizada pela Ecovative é a estrutura da raiz dos cogumelos.

A escolha baseia-se no potencial do micélio, conjunto de hifas de fungos multicelulares, que ganha cada vez mais espaço no mercado como opção sustentável nas indústrias alimentícia, de moda e construção.

Objetivo é oferecer alternativa atrativa 

Os investidores que estão apontando na Ecovative endossam isso, já que a empresa garantiu até o mês passado o equivalente a mais de R$ 562 milhões em investimentos.

“Por meio de parcerias e colaborações, estamos criando carne vegana, embalagens biodegradáveis e produtos têxteis semelhantes ao couro”, informa.

E acrescenta: “Em vez de criar gado em pastagens, cultivamos micélio – a raiz de todos os fungos – para criar cortes inteiros e deliciosos. Com isso, somos capazes de fazer carne de cogumelo que compete com os cortes de carne tradicionais em textura e sabor, sem adição de ingredientes complicados.”

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here