Notícias

Empresa vegana ajudará fazenda a substituir gado por plantas

“Nós compartilhamos a visão da Miyoko de um sistema alimentar compassivo” (Acervo: Tambako The Jaguar)

Conhecida no meio de alternativas orgânicas aos laticínios nos Estados Unidos, a empresa Miyoko’s Creamery pretende colocar em prática um projeto ousado em 2020 – levar fazendas leiteiras para o ramo de alternativas baseadas em plantas.

“As fazendas [leiteiras] estão fechando, os meios de subsistência estão ameaçados e queremos ajudar o agricultor a se manter fiel à terra”, explica Miyoko Schinner, fundadora e CEO da Miyoko.

E acrescenta: “Não podemos realmente mudar sem o apoio e participação da comunidade agrícola. Ela é essencial para eliminarmos a agricultura animal e para nos levar a um cenário sustentável e compassivo de suprimentos de alimentos.”

Nessa jornada, a empresa, que usará o seu próprio expertise no ramo de produção de queijos vegetais, conta com o apoio do Farm Sanctuary, de Nova York, que é referência internacional quando o assunto são exemplos bem-sucedidos de resgates de animais e implantação de santuários.

“Nós compartilhamos a visão da Miyoko de um sistema alimentar compassivo e estamos ansiosos para trabalhar com eles para ajudar os agricultores a se tornarem parte de um futuro alimentar livre de crueldade, mais sustentável e baseado em plantas”, diz o cofundador do Farm Sanctuary, Gene Baur.

A Miyoko adianta que disponibilizará recursos financeiros e conhecimentos técnicos para que a fazenda selecionada consiga fazer a transição para uma produção baseada em plantas. Além disso, garantiu que participará de todo o processo de pesquisa e desenvolvimento para que a iniciativa seja realmente bem-sucedida.

Saiba Mais

A Miyoko’s Creamery produz queijos orgânicos a partir de oleaginosas e leguminosas.

2731 fazendas leiteiras fecharam nos EUA em 2018

De acordo com informações do Departamento de Agricultura dos Estados Unidos (USDA), 2731 fazendas leiteiras fecharam nos EUA em 2018. Somente no estado de Wisconsin o total de fazendas que saíram do mercado chegou a 590 no ano passado. Já o estado da Pensilvânia teve 370 fazendas fechadas em 2018.

A Dairy Farmers of America, associação de produtores de leite dos Estados Unidos, divulgou recentemente um relatório informando que em 2018 a indústria de laticínios sofreu queda nas vendas no valor de 1,1 bilhão de dólares em comparação com 2017.

Um relatório publicado pelo The Washington Post mostrou que a população dos EUA está consumindo 37% menos leite do que nos anos 1970. Como consequência, alguns laticínios foram além e mudaram completamente de ramo nos últimos anos, como é o caso da Elmhurst, de Nova York, que fechou sua indústria de produtos lácteos em 2016, após 80 anos, para inaugurar a Elmhurst Milked, de alternativas vegetais.

David Arioch

Jornalista e especialista em jornalismo cultural, histórico e literário (MTB: 10612/PR)

Posts Recentes

Animação contra testes em animais é premiada

O curta de animação contra testes em animais “Salve o Ralph”, produzido pela organização Humane…

8 horas ago

Estudo associa consumo de laticínios a maior risco de câncer

Um estudo realizado na China e publicado este mês no periódico médico BMC Medicine aponta…

9 horas ago

Kátia Abreu quer ampliar produção pecuária por meio da clonagem

Está tramitando na Câmara dos Deputados um projeto de lei da Senadora Kátia Abreu (PP-TO)…

10 horas ago

Como agonizam os peixes

Olhou um peixe numa fina faixa de areia onde a água mal encostava. “Que faz…

12 horas ago

Segundo estudo, consumo de carne precisa ser reduzido em 75%

De acordo com um estudo da Universidade de Bonn publicado em abril no Annual Review…

1 dia ago

PL que proíbe exigência de caução para internação emergencial de animais é rejeitado

Um projeto de lei que visa proibir a exigência de caução ou garantia similar em…

1 dia ago