EUA: “Beefalo” escapa do abate e policiais arrecadam dinheiro para enviá-lo a santuário

Buddy seria reduzido a pedaços de carne em Plymouth, Connecticut, se não tivesse fugido

(Foto: Plymouth Police Union)

Nos EUA, um “beefalo”, híbrido com características de boi e búfalo, escapou do abate ao saltar de um caminhão a caminho de um matadouro em Plymouth, no estado de Connecticut.

Temendo pela própria vida, já que seu destino seria o açougue, o animal conseguiu evitar a captura por semanas, mesmo com a Polícia Ambiental utilizando drones na tentativa de localizá-lo em pântanos e florestas da região.

Em pouco tempo, o caso de Buddy, nome que o “beefalo” recebeu durante a fuga, ganhou grande apelo popular em Plymouth e no estado de Connecticut.

A resistência ao abate e vontade de viver deram origem a uma campanha de financiamento coletivo criada pelo sindicato da polícia de Plymouth no GoFundMe.

População se solidariza com Buddy 

A iniciativa garantiu arrecadação de mais de 8,5 mil dólares de uma meta de seis mil, para pagar ao dono do animal para que ele o liberte de vez, assim como para encaminhá-lo ao santuário de animais Critter Creek, em Gainesville, na Flórida.

Lá, Buddy poderá compartilhar uma vida com outras dezenas de bovinos que escaparam de uma morte precoce nos matadouros dos EUA.

“Qualquer dinheiro arrecadado acima dos $ 6.000 necessários para cobrir os custos de Buddy será distribuído para vários santuários de animais em homenagem a Buddy”, garante o policial Edward Benecchi na campanha no GoFundMe. 

1 COMENTÁRIO

  1. Comovente isso. Ao mesmo tempo que se aplaude a iniciativa dos policiais e da rede humana que se formou para ajuda-lo, lamenta-se que seus outros irmãos de infortúnio já estejam mortos.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here