Foodtech sueca lança leite de batata

Bebidas da Veg of Lund já estão sendo comercializadas em três versões na Suécia e no Reino Unido

“Se você comparar o leite de vaca com uma alternativa à base de batata, a pegada climática da segunda é cerca de 75% menor (Foto: DUG/Divulgação)

Em vez de lançar um produto baseado em algum ingrediente que já tem se tornado comum no mercado de leites vegetais, a sueca Veg of Lund decidiu fazer diferente.

“Batatas não precisam de muito para crescer e você pode cultivá-las em qualquer lugar, o que as torna uma cultura super sustentável também em comparação com a soja, amêndoas e aveia”, diz a foodtech em referência ao principal ingrediente do leite DUG.

“Se você comparar o leite de vaca com uma alternativa à base de batata, a pegada climática da segunda é cerca de 75% menor.”

As bebidas que já estão sendo comercializadas em versão original, sem açúcar e barista foram desenvolvidas pela professora Eva Tornberg, da Universidade de Lund.

“Quando criamos o DUG, foi muito importante para nós termos certeza de que o consumidor poderá usá-lo como qualquer outro leite, seja colocando no café, chá ou cozinhando.”

IG e potencial da batata

Para quem se preocupa com o índice glicêmico (IG), que diz respeito à velocidade com que o carboidrato é assimilado pelo organismo, transformando-se em glicose no sangue, a Veg of Lund faz uma observação:

“Ao contrário da crença popular, diferentes tipos de batatas têm valores de índice glicêmico variáveis. Variedades como asterix, gala, inova, cerisa e amadine têm IG menor. Além disso, alguns tipos de batata contêm tantos antioxidantes quanto mirtilos e amoras”, frisa.

As batatas estão ganhando espaço na indústria de alternativas aos alimentos de origem animal. Em abril, a empresa britânica Branston, em parceria com a B-hive Innovations, iniciou sua produção de proteína de batata com o objetivo de atender ao mercado de produtos alimentícios veganos – como as alternativas à carne.

Para obter uma proteína vegetal de alto valor nutricional, a Branston investiu o equivalente a mais de R$ 42 milhões em uma nova instalação no condado de Lincolnshire.

Segundo a Global Market Insights, o mercado de proteína de batata pode ultrapassar um valor global equivalente a mais de R$ 820 milhões até 2027.

Saiba Mais

O leite de batata da DUG está sendo comercializado na Suécia e no Reino Unido.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here