Holandeses estão consumindo menos leite

Somando apenas três produtos - leite, leitelho (buttermilk) e pudim de leite (do tipo industrializado) - isso já representa queda de 39%

Segundo a NOS, holandeses podem ser conhecidos por seu queijo, mas há uma queda no consumo de produtos lácteos no país (Foto: Shutterstock)

Uma publicação do Dutch News desta semana revela que os holandeses estão consumindo menos leite. Somando apenas três produtos – leite, leitelho (buttermilk) e pudim de leite (do tipo industrializado) – isso já representa queda de 39% entre os anos de 2016 e 2019.

O primeiro responde por redução de 6% nas vendas em supermercados e os outros 8% e 25%, segundo dados da rede pública de comunicação Nederlandse Omroep Stichting (NOS), que diz que os holandeses podem ser conhecidos por seu queijo, mas há uma queda no consumo de produtos lácteos no país.

Por outro lado, a NOS observou, com base em informações da pesquisadora Stacy Pyett, da Universidade de Wageningen, que há uma crescente demanda por alternativas ao leite à base de vegetais.

“No entanto, os holandeses ainda consomem um terço a mais de proteína do que precisam diariamente, e a proteína animal é prejudicial ao meio ambiente”, declarou Stacy.

Empresa investe pesado em produtos veganos na Holanda

Em junho, o grupo holandês Upfield, proprietário da marca Violife, que também comercializa seus produtos no Brasil, anunciou que está investindo o equivalente a R$ 282 milhões na criação de um centro de desenvolvimento de alimentos veganos.

A previsão é de que a planta industrial seja inaugurada até o final de 2021 em Wageningen, cidade histórica holandesa que se tornou uma espécie de Vale do Silício da indústria de alimentos.

A localização também é considerada privilegiada pela proximidade com a Universidade de Wageningen, considerada uma das mais importantes do mundo quando se trata de alimentação saudável e sustentável.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here