Ibama resgata 505 peixes ameaçados de extinção em Altamira (PA)

Responsável pela carga foi preso por agentes da Polícia Federal (PF) ao tentar embarcar em voo com destino a Manaus (AM)

Os animais serão levados ao Laboratório de Aquicultura de Peixes Ornamentais do Xingú (Foto: Ibama)

O Ibama encontrou na quarta-feira (12) uma carga com 505 acaris-zebra e 2 acaris-tubarão no aeroporto de Altamira (PA). O responsável foi preso por agentes da Polícia Federal (PF) ao tentar embarcar em voo com destino a Manaus (AM).

Os animais resgatados serão levados ao Laboratório de Aquicultura de Peixes Ornamentais do Xingu (Laquax), da Universidade Federal do Pará (UFPA), que realiza testes de reprodução da espécie. A saúde dos acaris será avaliada para eventual devolução à natureza.

O acari-zebra é endêmico da Volta Grande do Rio Xingu e está ameaçado de extinção. Sua captura pode resultar em multa de R$ 5 mil por unidade. A Lei n° 9.605/1998 prevê detenção de um a três anos para quem transporta, comercializa, beneficia ou industrializa espécimes cuja captura esteja proibida.

O acaris-zebra também integra o Anexo III da Convenção Internacional das Espécies de Flora e Fauna Selvagens em Perigo de Extinção (Cites), que relaciona espécies de animais e plantas que precisam ter sua exploração restrita ou impedida.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here