Jo-Anne McArthur lança documentário sobre a indústria de peles

“The Farm in My Backyard", que tem o Canadá como cenário, foi disponibilizado hoje na internet

Desde 2009, a fotojornalista Jo-Anne McArthur expõe a violência que envolve esse mercado (Foto: Jo-Anne McArthur/We Animals)

O documentário “The Farm in My Backyard”, sobre a realidade da indústria de peles, foi lançado hoje na internet pelo projeto We Animals, comandado pela fotojornalista canadense Jo-Anne McArthur.

Com duração de pouco mais de 15 minutos, o filme mostra os impactos éticos e ambientais da criação de animais silvestres com a finalidade de extrair suas peles e comercializá-las.

Segundo o documentário, é importante que o público saiba que além do mal causado aos animais, a cadeia que envolve a produção de artigos baseados em peles também prejudica os ecossistemas ao interferir no ciclo de vida dos animais silvestres.

“The Farm in My Backyard” tem como mote a realidade da Nova Escócia, no Canadá, onde quem atua no mercado de peles se recusa a migrar para outra atividade. E para piorar, a prática tem o apoio do governo da província.

Desde 2009, a fotojornalista Jo-Anne McArthur expõe a violência que envolve esse mercado, e deixa claro que a melhor forma de desestimulá-lo é não comprando produtos baseados em peles de animais e também se posicionando claramente contra a prática.

Embora vários países e estados estejam banindo a criação de animais com essa finalidade, assim como grifes estão abdicando do uso de peles, a Nova Escócia parece que parou no tempo, segundo o documentário. Por isso o documentário do projeto We Animals tem um caráter de denúncia sobre as vis conveniências humanas.

Saiba Mais

Na Nova Escócia, animais silvestres são engaiolados, mantidos em más condições de higiene (inclusive entre as próprias fezes) e mortos por meio de gás, veneno ou espancamento.

Para assistir ao documentário – clique aqui.

1 COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here