Joaquin Phoenix condena abate de animais para consumo

“Isso é absurdo e bárbaro. Eu não entendo como você pode testemunhar isso e não ser afetado"

Phoenix se tornou vegano aos três anos, depois que ele e seus irmãos testemunharam peixes sendo mortos de forma extremamente violenta (Foto: The Canadian Press/Cole Burston)

Esta semana, em entrevista à plataforma digital Brut, o ator Joaquin Phoenix contou que se tornou vegano na infância, aos três anos, depois que ele e seus irmãos testemunharam peixes sendo mortos de forma extremamente violenta. “Era absolutamente óbvio que isso era algo do qual não queríamos participar nem apoiar”, relatou.

Em oposição à exploração animal voltada à indústria alimentícia, Phoenix acrescentou que não quer afastar bebês de suas mães [em referência à indústria leiteira], e que não quer contribuir em forçá-los a engordarem para serem abatidos para consumo.

“Isso é absurdo e bárbaro. Eu não entendo como você pode testemunhar isso e não ser afetado. Certamente, o efeito que isso também tem sobre o meio ambiente é devastador. Então pra mim, [defender os animais] é a minha vida e sempre foi a minha vida, e é realmente uma das coisas mais importantes para mim.”

Em setembro, o ator participou de mais uma campanha pró-vegana da organização Pessoas Pelo Tratamento Ético dos Animais (PETA). Joaquin Phoenix emprestou sua imagem a um gigante painel pró-vegano instalado na Times Square, em Nova York (EUA), por onde trafegam diariamente mais de 300 mil pessoas.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here