Kamala Harris e presidente da Argentina são incentivados a abdicarem do consumo de animais

Kamala Harris recebeu novo convite da coalização Jiviniti e o presidente Alberto Fernández da União Vegana Argentina (UVA)

(Fotos: Getty)

Esta semana a vice-presidente dos EUA, Kamala Harris, e o presidente da Argentina, Alberto Fernández, foram incentivados a abdicarem do consumo de animais.

No caso de Kamala Harris, foi a segunda vez que a coalização Jiviniti, fundada por mulheres em posição de liderança, fez um apelo para que ela adote uma dieta à base de vegetais em benefício do meio ambiente.

O pedido, reforçado por Heather Mills, Genesis Butler e Eric Adams, veio na mesma semana em que o presidente Joe Biden retomou o compromisso dos EUA com o Acordo de Paris, em que os países signatários se comprometem em reduzir suas emissões de gases de efeito estufa, que tem grande contribuição da agropecuária.

Na Argentina

Já na Argentina, a União Vegana Argentina (UVA) conversou com o presidente Alberto Fernández e sugeriu que ele abdicasse do consumo de carne em apoio à campanha Segunda Sem Carne.

Fernández disse que deixaria de comer carne “se Paul McCartney tocasse ‘Blackbird’ em seu escritório”. A UVA, por meio do seu presidente Manuel Martí, também falou sobre o impacto das novas fazendas industriais de criação de porcos que serão instaladas na Argentina e pediu apoio para oferecer refeições veganas nas escolas.

Segundo Martí, o presidente se mostrou bem compreensivo, principalmente em relação a importância de conter os efeitos das mudanças climáticas, embora não tenha prometido nada por enquanto.

Para estimular Kamala Harris a adotar uma dieta à base de vegetais, a coalizão Jiviniti criou um abaixo assinado. Clique aqui para saber mais.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here