Lush, sabonete em forma de coala para ajudar a Austrália

Não é a primeira vez que a Lush lança um produto visando arrecadar recursos que beneficiem os animais e o meio ambiente

Em um final de semana, a marca de produtos de beleza Lush vendeu dez mil sabonetes veganos em forma de coala (Foto: Divulgação)

Em janeiro, a marca de produtos de beleza Lush vendeu dez mil sabonetes veganos em forma de coala para destinar recursos a quem está atuando no combate aos incêndios na Austrália. Somente em um final de semana, a marca arrecadou 70 mil dólares que já foram enviados ao Bush Animal Fund, uma organização que tem trabalhado no resgate de animais afetados pelos incêndios.

Não é a primeira vez que a Lush decide contribuir com os animais e o meio ambiente. Em 2019, a marca anunciou no Dia Mundial dos Oceanos, 8 de junho, uma campanha pela preservação dos tubarões. A justificativa é que mais de 100 milhões desses animais são mortos anualmente em decorrência da ação humana.

Por isso a marca relançou no mercado o seu sabonete Shark Fin e destinou 100% dos lucros à organização The Rob Stewart Sharkwater Foundation, que atua em defesa dos tubarões e dos oceanos.

Na compra do sabonete vegano, os consumidores ganhavam um adesivo com mensagens como: “Cuidado: Assassino de Tubarão”. A intenção era usá-lo para identificar estabelecimentos comerciais que vendem produtos com matéria-prima resultante do abate de tubarões – como é o caso do esqualeno.

Em 2018, a Lush lançou um sabonete vegano em forma de orangotango, propondo conscientização sobre a importância da preservação dos grandes primatas. Todos os lucros foram revertidos a Orangutan Information Center (OIC), entidade que arrecadou recursos para a compra de 360 hectares de plantações de palma no ecossistema de Leuser em Cinta Raja, em Sumatra, na Indonésia.

O objetivo era reverter os impactos do desmatamento e da degradação do solo nos ecossistemas que são vitais para a sobrevivência do orangotango de Sumatra. Atualmente há apenas 14.600 desses grandes primatas na natureza selvagem, e o seu habitat está ameaçado principalmente pela indústria de óleo de palma.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here