Notícias

Manifestação chama atenção para acidentes com animais em MG

(Foto: Acervo Rodrigo Portari)

No sábado (14), às 10h, ativistas dos direitos animais realizarão a manifestação “Pare Agora”, pelo fim dos acidentes com animais em rodovias de Minas Gerais. O ato será na Cidade Administrativa, sede do governo estadual, em Belo Horizonte.

De acordo com Daniela Sousa, da assessoria de comunicação do movimento Brasil Sem Tração Animal e Direito Animal Brasil (Dabra), os acidentes que têm se intensificado principalmente em rodovias como a MG-424 e MG-10, envolvendo equídeos, bois e vacas, são consequências da irresponsabilidade e negligência associada a abandono e descarte.

“Há também quem deixe os animais com livre acesso às rodovias, cujo inerte silêncio do Executivo estadual e dos municípios atingidos por essas ocorrências tem gerado grande indignação nos cidadãos”, frisa Daniela.

E acrescenta: “Na última semana de julho, foram três acidentes graves, sem nenhuma manifestação dos gestores públicos quanto a providências para impedir que pessoas e animais continuem morrendo nas estradas.”

Grandes causas do problema

Ao conversar com especialistas como o veterinário, professor e resgatista de animais em situações de acidentes e desastres, Aldair Juno Woyames, Daniela Sousa foi informada de que as grandes causas do problema são a ausência de políticas de conscientização das pessoas que têm animais sob guarda responsável.

Outros agravantes são a falta de estrutura municipal de recolhimento, acolhimento, transporte e translocação de animais soltos em rodovias, além de penalização dos responsáveis.

A manifestação “Pare Agora” é uma iniciativa do Grupo de Resgate Animal Uni-BH, Brasil Sem Tração Animal, Vida Animal Livre, BH Sem Tração Animal, Movimento Mineiro pelos Direitos Animais (MMDA), Fofucinhos; Direito Animal Brasil (Dabra) e Resgate Animal Rio Arrudas.

Confirmaram presença para a manifestação de amanhã (14) o deputado federal Fred Costa, deputado estadual Noraldino Junior e os vereadores de Belo Horizonte Wanderley Porto, Miltinho CGE, Duda Salabert, além do vereador Filipe Caldeira, de Vespasiano.

Clique aqui para saber mais sobre o assunto.

David Arioch

Jornalista e especialista em jornalismo cultural, histórico e literário (MTB: 10612/PR)

Posts Recentes

O que é a carne?

O que é a carne? Sempre que falamos em carne é mais comum uma primeira…

18 horas ago

Como a violação sexual de animais pode ser normalizada?

Como a violação sexual de animais pode ser institucionalizada e normalizada? Quando fala-se em “reprodução…

2 dias ago

Por que comemos criaturas de vontades?

Não é difícil olhar para um animal e reconhecê-lo como criatura de vontades, porque seu…

3 dias ago

Quem se importa com o sofrimento dos frangos?

No Brasil, há sempre mais frangos sendo transportados para os matadouros do que bovinos e…

4 dias ago

Brasília: Picnik Festival terá área vegana coordenada mais uma vez pela FALA

Em uma edição especial no mês das tradicionais festas juninas, o Picnik Festival terá novamente…

4 dias ago

SP: VegNice realiza mais uma Festa Junina Vegana

No domingo (26), o bairro da Liberdade, em São Paulo (SP), recebe mais uma Festa…

4 dias ago