Millennials estimulam crescimento do mercado de cosméticos veganos

Mercado global de cosméticos veganos deve alcançar um valor equivalente a mais de R$ 106 bilhões até 2025

“As principais empresas fabricantes de cosméticos estão percebendo a importância de criar produtos com ingredientes à base de minerais ou vegetais” (Foto: Pixabay)

O mercado global de cosméticos veganos deve alcançar um valor equivalente a mais de R$ 106 bilhões até 2025.

O que favorece a estimativa é a demanda de consumo dos millennials, também conhecidos como geração Y, que são os nascidos entre os anos de 1981 e 1996.

A projeção é da empresa de pesquisa de mercado Grand View Research, que prevê para esse mercado uma taxa de crescimento anual composta de 6,3%.

“A crescente demanda por cosméticos veganos entre os millennials é um dos principais estimulantes de crescimento desse mercado”, reforça.

Segundo a GVR, as tendências cosméticas estão mudando porque as pessoas estão se tornando mais conscientes sobre os produtos disponíveis no mercado.

“Consumidores que consideram a crueldade contra os animais antiética estão promovendo a conscientização contra esse ato. Além disso, a adoção de substitutos naturais, como produtos de higiene pessoal à base de vegetais, está trabalhando a favor do mercado.”

Produtos de qualidade superior 

No geral, a percepção que se tem hoje em relação aos cosméticos veganos é que são produtos de qualidade superior em vários aspectos, e esse reconhecimento também está crescendo entre consumidores que não são veganos.

“As principais empresas fabricantes de cosméticos estão percebendo a importância de criar produtos com ingredientes à base de minerais ou vegetais em vez de ingredientes de origem animal.”

O que também tem beneficiado bastante o segmento nos últimos seis anos é o e-commerce, que tem oferecido mais diversidade e facilidade na seleção de produtos.

A China, por exemplo, registrou crescimento de mais de 65% nas vendas de cosméticos veganos no comércio eletrônico.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here