Moby explica em vídeo como a pecuária prejudica o planeta

"Quando falamos sobre a pecuária - produção de carnes e laticínios - as pessoas, na maioria das vezes, não estão cientes das consequências ambientais"

Moby destaca que globalmente a pecuária cria e mata por ano mais de 88 bilhões de animais para fins de alimentação (Foto: Getty)

Em vídeo disponibilizado no sábado (23), o músico vegano Moby explica de maneira bem objetiva, em menos de dois minutos, como a pecuária está prejudicando o planeta.

O vídeo faz parte da campanha “The cow in the room”, da organização Humane Society International, que também chama atenção para o fato de que a Conferência das Nações Unidas sobre Mudanças Climáticas (COP26) não discutirá o impacto ambiental da agropecuária. O evento começa no domingo (31) na Escócia.

Moby começa o vídeo ressaltando seu ímpeto em contribuir para uma reforma no nosso sistema alimentar global, ponderando sobre a necessidade de torná-lo sustentável. “Quando falamos sobre a pecuária – produção de carnes e laticínios – as pessoas, na maioria das vezes, não estão cientes das consequências ambientais.”

Ele destaca que globalmente a pecuária cria e mata por ano mais de 88 bilhões de animais para fins de alimentação, emitindo grandes quantidades de gases de efeito estufa.

“Outros impactos devastadores”

“A mesma quantidade de todas as formas de transporte global combinadas. Também é responsável por mais da metade de todas as emissões de óxido nitroso causadas por humanos, e que tem quase 300 vezes o potencial de aquecimento global do dióxido de carbono.”

Moby frisa que a situação pode piorar muito até 2050, com o aumento das emissões. “E há outros impactos ambientais devastadores, como desmatamento, degradação do solo, poluição da água e perda de biodiversidade.” Ele alerta que tudo com que nos importamos depende de um clima estável, e conclui que, se não resolvermos esses problemas, tudo indica que nos destruirão.

Ainda assim, mesmo com tal gravidade, não é algo que tem sido tratado como deveria, por exemplo, pela Organização das Nações Unidas (ONU). “A pecuária não está na agenda da Conferência das Nações Unidas sobre Mudanças Climáticas [que começa no domingo]”, lamenta Moby, que pede que o público chame a atenção dos líderes mundiais para que não ignorem o impacto da agropecuária.

Gosta do trabalho da Vegazeta? Colabore realizando uma doação de qualquer valor clicando no botão abaixo: 




DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here