Moby: “Não podemos resolver o problema da crise climática sem adotar uma dieta à base de vegetais”

"A mudança é imperativa e eu endosso a Plant Based Treaty em benefício dos animais, do planeta e da saúde humana"

Foto: Moby/Instagram

Um dos apoiadores da campanha Plant Based Treaty, que visa motivar lideranças a adotarem um acordo global contra o impacto da pecuária no meio ambiente, o músico vegano Moby disse esta semana que a produção de carnes e laticínios é uma das principais causas da emergência climática.

A afirmação é corroborada por um detalhado estudo da Universidade de Oxford, liderado pelo pesquisador Joseph Poore, que analisou dados de 40 mil fazendas que produzem 40 produtos agrícolas em 119 países.

“É claro que não podemos resolver o problema da crise climática sem adotar uma dieta à base de vegetais. A mudança é imperativa e eu endosso a Plant Based Treaty em benefício dos animais, do planeta e da saúde humana”, declarou Moby.

“Estamos pedindo aos cientistas, indivíduos, grupos, empresas e cidades que apoiem este apelo e pressionem os governos a negociarem um tratado internacional”, frisa um comunicado da PBT.

Ações e futuro

As ações da campanha já estão ocorrendo em mais de cem cidades do mundo, e a previsão é alcançar pelo menos dez milhões de indivíduos.

Até 2023, quando ocorrerá um balanço global do Acordo de Paris, a PBT pretende trabalhar em parceria com dez mil organizações e dez mil empresas do mundo todo para fortalecer o tratado que é o seu maior objetivo.

Vale lembrar que no dia 7 de setembro Moby lançará “Little Pine”, um livro com 125 receitas veganas que faz referência ao seu antigo restaurante vegano em Los Angeles.

Gosta do trabalho da Vegazeta? Colabore realizando uma doação de qualquer valor clicando no botão abaixo: 




DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here