Mercado de alternativas a produtos lácteos deve crescer mais de 40% até 2023

Não são os leites vegetais que estão abrindo caminho para esse crescimento, mas sim os iogurtes vegetais (Fotos: Reprodução)

O mercado de alternativas a produtos lácteos, como leites, iogurtes e sorvetes de origem vegetal, deve crescer mais de 40% até 2023, de acordo com informações da empresa de pesquisa de mercado ResearchandMarkets. Não são os leites vegetais que estão abrindo caminho para esse crescimento, mas sim os iogurtes vegetais.

O relatório da ResearchsandMarkets prevê um crescimento de 17,3 bilhões de dólares para 29,6 bilhões de dólares nos próximos quatro anos. Os principais fatores apontados para esse crescimento são os benefícios que os produtos de origem vegetal podem trazer à saúde e o crescente interesse por produtos não lácteos.

Há uma crescente demanda por parte de veganos, vegetarianos, intolerantes à lactose e pessoas que estão querendo reduzir o consumo de laticínios. A disponibilidade de matéria-prima e a crise no mercado de laticínios também tem favorecido o mercado de alternativas não lácteas.

Outro relatório divulgado no ano passado, mas pela Data Bridge Market Research (DBMR), que atende 500 companhias do mundo todo, informou que os iogurtes à base de vegetais podem superar os iogurtes lácteos a partir de 2025.

A DBMR considera em proporcionalidade a queda no consumo de laticínios e o crescimento da procura e da oferta por alternativas baseadas em vegetais. Atualmente o mercado de iogurtes não lácteos se baseia em matérias-primas como amêndoas, coco, soja, aveia, arroz, cânhamo, castanha-de-caju e linhaça.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here