Pamela Anderson escreve carta para a OMS contra a indústria de laticínios e a favor do aleitamento materno

“A compra de fórmulas à base de laticínios também apoia a horrível crueldade contra os animais”

Pamela Anderson: “Pamela Anderson afirmou que não há nada de natural em dar aos bebês humanos o leite que é destinado aos bezerros” (Acervo: Getty Images)

A atriz vegana Pamela Anderson, que tem milhões de seguidores na internet, decidiu se manifestar esta semana contra a indústria de laticínios em uma carta enviada em apoio à Organização Mundial da Saúde (OMS) e depois publicada na internet, no site da organização Pessoas Pelo Tratamento Ético dos Animais (PETA).

Recentemente, o governo dos Estados Unidos fez críticas a uma campanha da OMS em prol do aleitamento materno. O presidente Donald Trump se manifestou a favor do uso de leite em pó e desqualificou o trabalho da Organização Mundial da Saúde – o que acabou gerando controvérsias e sendo interpretado como uma possível estratégia de marketing a favor da indústria de laticínios, que tem sofrido considerável declínio nos Estados Unidos. Atualmente a população do país consome 37% menos leite do que nos anos 1970, segundo dados divulgados pelo Washington Post.

A atriz Pamela Anderson, que é a favor do aleitamento materno e faz oposição à indústria de laticínios, é bem enfática em seu posicionamento: “O peito é melhor – é por isso que amamentei meus próprios filhos, e incentivo outras mães a continuarem com essa prática natural, que é essencial para a saúde humana desde o início dos tempos”, defende.

Pamela Anderson afirma que não há nada de natural em dar aos bebês humanos o leite que é destinado aos bezerros – animais que têm quatro estômagos e ganham centenas de quilos em questão de meses. “A compra de fórmulas à base de laticínios também apoia a horrível crueldade contra os animais”, lamenta.

A atriz acrescenta que as vacas são forçadas a engravidarem várias vezes, e normalmente são privadas dos filhos quando eles têm apenas um dia de idade. Tudo isso para que os seres humanos possam vender o leite que pertence a um animal de outra espécie. “Inconsoláveis, as vacas choram de luto por dias por causa de seus bezerros”, enfatiza.

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here